Festival de Cinema de Roterdão exibe seis filmes portugueses

 

Até 1 de fevereiro, decorre a 44ª edição do Festival de Cinema de Roterdão que tem na sua programação seis longas-metragens portuguesas, dos quais duas são estreias mundiais.

“Mined Soil”, de Filipa César, e “A Toca do Lobo”, de Catarina Mourão, são as duas longas-metragens que tem estreia marcada em exclusivo no festival holandês. A primeira com primeiro visionamento hoje e a segunda estreou no segundo dia do festival.

A programação do festival contará ainda com “Cavalo Dinheiro”, de Pedro Costa, “O Triângulo Dourado”, curta-metragem de Miguel Clara Vasconcelos, “O Velho do Restelo”, curta-metragem de Manoel de Oliveira, e “João Bénard da Costa – Outros Amarão o que Eu Amei”, de Manuel Mozos.

“A Toca do Lobo” é um documentário de pendor biográfico, a partir do percurso do escritor Tomaz de Figueiredo e “Mined Soil” é um projecto documental e experimental que deu origem a uma exposição, inaugurada em 2013 na Noruega, fazendo ligação entre o processo de independência da Guiné-Bissau, Amílcar Cabral e as pesquisas do político e agrónomo guineense em Portugal.

O Festival de Cinema de Roterdão foca-se sobretudo na revelação de novos talentos.

 

Lê Também:   SBSR 2024 - Dia 1: Rock a abrir no Meco com Måneskin e Royal Blood

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *