Fora de Série: episódio 11 (Game of Thrones T03E01)

 

Game of Thrones T3E1 – “Valar Dohaeris” (Syfy HD)

Jeor Mormont: ” Temos de chegar à muralha. Temos de avisá-los, senão, antes do Inverno terminar, todos aqueles que conhecem morrerão.”

GoT
O primeiro episódio de Game of Thrones começa com um ecrã preto acompanhado de gritos e do som de espadas a encontrarem-se. Como George RR Martin disse, não é possível ter um orçamento de 20 milhões por episódio, por isso, não vimos a batalha dos irmãos de negro contra os White Walkers. Mas o melhor desta série é que estes pormenores são sempre compensados ao longo dos episódios por diálogos fantásticos, excelentes paisagens e efeitos especiais de encher o olho! E não é que na segunda cena do episódio, vemos um gigante? Gostei do tamanho deste gigante, devia ter cinco metros sem problemas, e com um corpanzil a acompanhar. Além disso, Jon Snow conhece finalmente Tormund Giantsbane e o Rei-para-lá-da-muralha, Mance Rayder. Tormund é bastante castiço, como nos livros, apenas gostaria que fosse mais corpulento. Quando uma personagem imponente manda uma piada, esta tem ainda mais piada, devido ao contraste. Mance Rayder, do que me lembro dos livros, é um pouco diferente, mas aquela aura de sabedoria está lá, sem dúvida. Aquele olhar penetrante que faz com que ele saiba o que comeste ao pequeno-almoço. Adoro personagens assim.

Lê Também:
Chucky, primeiras impressões da nova aposta do SYFY

GoT
Em King’s Landing, Tyrion encontra-se agora encurralado e sem poder e é completamente dizimado pelo seu pai quando lhe pede o controlo de Casterly Rock. Excelente cena e excelente desempenho por parte de Charles Dance (Tywin Lannister) e de Peter Dinklage (Tyrion Lannister). Foi possível ver bem a desilusão e tristeza na cara de Tyrion. E o Charles Dance, então, nem se fala, tão facilmente nos faz gostar dele (lembra-se das cenas com a Arya?), como nos faz odiá-lo, como aconteceu nesta cena.

GoT
A parte final do episódio pertence ao arco da Daenerys e que cena espectacular que foi. Somos apresentados ao exército dos Unsullied (Imaculados), um exército com um treino e preparação tão duros que põem a um canto as provas e os costumes dos espartanos. Daenerys tem um dia para decidir se quer adquirir o exército ou não. Estou ansioso para ver o que vem a seguir. No final do arco, Daenerys é atacada por uma menina Warlock (mago), através de uma bola com um bicho parecido a um escorpião lá dentro. Esta cena foi colossal! O perigo vem de onde menos se espera e o poder dos Warlocks é intimidante, mas Daenerys é salva por nada mais, nada menos que… Barristan Selmy! O pintor que usa apenas vermelho… Sempre gostei desta descrição e mal posso esperar por ver este guerreiro em ação novamente!

Lê Também:
Chucky, primeiras impressões da nova aposta do SYFY

Powered by: Game of Thrones (Portugal)

APS Portugal

Organização sem fins lucrativos, com sede única no facebook (https://www.facebook.com/APS.Portugal) e intitulada de grupo de Administradores das Páginas de Séries (Portugal). Mais de 60 páginas sobre as séries mais mediáticas da actualidade. Um espaço com todas as novidades das séries favoritas dos portugueses e em português.

APS Portugal has 315 posts and counting. See all posts by APS Portugal