Microsoft

O futuro do Microsoft Surface

Recordas-te do Courier? É um conceito já com cerca de 10 anos. A ideia da Microsoft era criar um dispositivo de bolso que juntasse o mundo digital ao mundo analógico.

O Courier foi criado como um tablet que também teria um comportamento de bloco de notas e que teria capacidades avançadas de converter analógico em digital. E que teria a forma de um livro com dois ecrãs táteis em concha. A ideia veio a público em 2008, mas dois anos depois foi cancelada. Tudo indica que a Microsoft acabou por concluir que a tecnologia da altura não permitiria desenvolver o dispositivo sem fazer demasiados compromissos. O Courier corria o risco de tornar um falhanço perante o sucesso do iPad – provavelmente a Microsoft não estava interessada em repetir o que tinha acontecido no mercado dos dispositivos de música, onde o Zune foi humilhado pelo iPod.

Lê Também:
Empresa da Google vai construir cidade inteligente

De acordo com o The Verge, a Microsoft ressuscitou o projeto Courier adaptando-o à realidade atual. O novo projeto, com o nome de código Andromeda, estará a ser desenvolvido já há dois anos.

Trata-se de um aparelho compacto q.b. para ser transportado no bolso, mas com o formato concha e dois ecrãs. A Microsoft estará a desenvolver o Andromeda para conquistar utilizadores que procuram uma ferramenta móvel de produtividade mais avançada que um smarpthone, mas mais compacta e fácil de usar que um computador portátil convencional. Deverá ser um género de Surface de bolso.

Espera-se que o Andromeda seja apresentado ainda este ano. Mas não será um exclusivo da marca. Como tem vindo a ser hábito da marca, o conceito poderá ser implementado por parceiros OEM. Ou seja, por outros fabricantes de computadores. Dell, Lenovo, Asus são algumas das marcas que deverão lançar “tablet dobráveis de bolso” pouco tempo após a Microsoft apresentar o Andromeda.

Estas curioso com esta novidade da Microsoft?

Cátia Santos

Observadora, comunicadora, crítica, muito curiosa, apaixonada pela escrita criativa e informativa. Devoradora de livros e de música, com um especial gosto por tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *