Guia para um Final Feliz “varre” os Satellite Awards

Foram ontem entregues os Satellite Awards pela International Press Academy e anunciam aquela que poderá ser uma das awards season mais interessantes dos últimos anos.

Contra todas as expectativas – pelo menos em parte das categorias -, o novo filme de David O. Russell protagonizado por Jennifer Lawrence e Bradley Cooper – “Guia para um Final Feliz” – acabou por ser o vencedor da noite levando cinco estatuetas para casa, incluindo a de Melhor Filme, Realizador e Atores Principais. “Os Miseráveis” surge na segunda linha com três vitórias (duas técnicas).

 

MELHOR FILME

“Guia para um Final Feliz”

 

MELHOR REALIZADOR

David O. Russell, por “Guia para um Final Feliz”

 

MELHOR ATOR

Bradley Cooper, em “Guia para um Final Feliz”

 

MELHOR ATRIZ

Jennifer Lawrence, em “Guia para um Final Feliz”

Lê Também:
Anne Hathaway vai participar em Bringing Up Bebe

 

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO

Javier Bardem, em “007 – Skyfall”

 

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA

Anne Hathaway, em “Os Miseráveis”

 

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL

Mark Boal, por “00:30 Hora Negra”

 

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO

David Magee, por “A Vida de Pi”

 

MELHOR ANIMAÇÃO

“A Origem dos Guardiões”

 

MELHOR DOCUMENTÁRIO

“Chasing Ice”

 

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

EMPATE – “Amigos Improváveis” (França) & “Pietà” (Coreia do Sul)

 

MELHOR FOTOGRAFIA

Claudio Miranda, por “A Vida de Pi”

 

MELHOR MONTAGEM

Jay Cassidy e Crispin Struthers, por “Guia para um Final Feliz”

 

MELHOR BANDA SONORA

Alexandre Desplat, por “Argo”

 

MELHOR CANÇÃO

“Suddenly”, interpretada por Hugh Jackman em “Os Miseráveis”

 

MELHOR SOM (EDIÇÃO E MISTURA)

Andy Nelson, John Warhurst, Lee Walpole e Simon Hayes, em “Os Miseráveis”

Lê Também:
Anne Hathaway vai participar em Bringing Up Bebe

 

MELHORES EFEITOS VISUAIS

Michael Lantieri, Kevin Baillie, Ryan Tudhope e Jim Gibbs, em “Decisão de Risco”

 

MELHOR DIREÇÃO ARTÍSTICA E DESIGN DE PRODUÇÃO

Rick Carter, Curt Beech, David Crank e Leslie McDonald, por “Lincoln”

 

MELHOR GUARDA-ROUPA

Manon Rasmussen, por “O Amante da Rainha”

Catarina Oliveira

Licenciada em Ciências da Comunicação e com formação complementar em Design Gráfico, além de editora e diretora criativa da MHD é também uma das sócias fundadoras da mais recente face da empresa. Colaboradora de Cinema na Vogue Portugal. Gestora de conteúdo na Lava Surf Culture e NOS Empresas - Criar uma Empresa. Autora do blog de Cinema Close-Up.