Jane the Virgin | Primeiras impressões da segunda temporada

 

 

Seguindo o modelo da temporada de estreia, Jane the Virgin mantém-se como uma das melhores séries de drama e comédia atualmente em exibição.

Estávamos em plena Fall Season 2014 quando a estreante Jane the Virgin chegou como uma bela e agradável surpresa ao pequeno ecrã, distinguindo-se de tantas outras séries que se limitam a repetir fórmulas e personagens, alterando apenas nomes e cenários. Muitos não tinham a certeza se a premissa duvidosa e incerta da série de drama e comédia satírica, criada por Jennie Snyder Urman conseguiria manter o projeto firme. Mas contrariamente ao esperado, eis que a história de Jane Villanueva (Gina Rodriguez), uma jovem latina, virgem, trabalhadora, que fica grávida por inseminação artificial devido a um erro médico, arrasou por completo, conquistando crítica e público.

Lê mais: Mapa das Séries | O Calendário de exibição em Portugal

Certamente recordar-se-ão da jornada atravessada por Jane durante a primeira temporada, desde o conhecimento de uma gravidez não desejada ou planeada, a descoberta da identidade do seu pai, a paixão que nasceu entre si e o pai do bebé, os contratempos que surgiram ao longo da sua gravidez até, finalmente, o nascimento do seu filho. Mas a jornada de Jane ainda agora começou e para complicar ainda mais a sua vida, o seu filho, Mateo Gloriano Rogelio Solano Villanueva, é raptado minutos depois do parto pela vilã da série, Sin Rostro, concluindo a primeira temporada num grande suspense.

 

Jane the Virgin

 

Ao contrário do que acontece na maior parte das séries, a melhor parte do início da segunda temporada de Jane the Virgin, não é exatamente o início do episódio em si, mas si a recapitulação do episódio. Já foi dito anteriormente que a série de comédia da CW caracteriza-se pela sua originalidade, e um dos elementos que confere força a esta característica é a recapitulação feita antes de cada episódio pelo narrador latino Anthony Mendez. Embora o mais importante neste momento seja um resumo breve do que aconteceu anteriormente na série, a recapitulação de toda a primeira temporada ao som do comentário entusiasmado de Mendez feita no início desta season premiere torna o começo do episódio eletrizante! Felizmente toda esta energia não fica condensada nestes primeiros minutos, acabando por fluir ao longo de todo o episódio, demonstrando que Jane the Virgin regressou em força, pronta para superar todas as expectativas dos seus espetadores. E diga-se de passagem que a narração e os apartes de Anthony Mendez são fenomenais neste episódio, garantindo ainda mais a comicidade de várias cenas.

Lê Também:
Famosos em Perigo com Bear Grylls T5, primeiras impressões

Lê também: Globos de Ouro 2015 | Os vencedores

Após o rapto de Mateo seria normal que o primeiro episódio da segunda temporada de Jane the Virgin fosse centrado no seu resgate. É isso que, por norma, acontece em outras séries e era isso que os fãs da série estavam à espera que acontecesse. Mas já todos devíamos saber que Jane the Virgin gostar de manter bem vivo o seu lado original. Em poucos minutos o rapto é resolvido e Jane volta a ter o filho nos seus braços, graças a Michael. Este elemento narrativo, embora breve, não é de todo irrelevante pois serve de introdução para o tema principal do episódio: Jane a dar os primeiros passos no mundo da maternidade.

 

Jane the Virgin

 

Há uma altura no episódio onde Jane começa a duvidar das suas capacidades como mãe e tudo piora quando a protagonista encontra alguns obstáculos numa tarefa tão básica e natural como dar de mamar ao bebé. Conhecendo a personagem como os espetadores conhecem, já era de prever o pânico que se instalou sobre Jane, que receia não estar a ser uma boa mãe. Graças à excelente prestação da atriz Gina Rodriguez, o espetador sente uma forte empatia pela personagem e pelas suas inseguranças. Cada gesto, cada palavra, cada olhar da personagem são genuínos, convincentes e credíveis.

Lê Também:
Altered Carbon | Netflix revela data de estreia e teaser da 2ª temporada

Lê ainda: Os melhores regressos de séries | Seleção de outubro by MHD

Um dos pontos fortes de Jane the Virgin é o uso extremamente inteligente dos clichés característicos das telenovelas latinas a seu favor para atingir os momentos mais cómicos da série. Visto tratar-se de uma série que é em parte satírica, não podíamos esperar outra coisa. Em todo o caso, não deixa de ser importante felicitar os argumentistas da série pelo seu excelente trabalho nesta área, em especial neste episódio. Momentos como uma das cenas iniciais do episódio, onde Jane, Rafael e Michael preparam-se para ir resgatar Mateo e é feito um contraste hilariante entre as ações de Jane e a letra da música de abertura da telenovela Los Milagros De Mariana, provam a qualidade de Jane the Virgin como uma série cómica.

 

Jane the Virgin

 

Após uma excelente temporada de estreia é perfeitamente natural que surjam receios acerca da capacidade da série da CW manter o nível de qualidade que até agora apresentou. Felizmente, e se a segunda temporada seguir o que foi feito no seu primeiro episódio, o sucesso está novamente garantido. O cenário de Jane the Virgin pode ter mudado, visto que a protagonista já não está grávida, mas a série não deverá perder qualquer traço que até então a caracterizou, quer seja a nível de estilo, a nível dramático e cómico, quer ao nível da sua perspicácia.

Muitos serão os desafios de Jane ao longo desta segunda temporada, e não estamos apenas a falar da primeiro contacto com o mundo da maternidade. Petra, ex-mulher de Rafael, tomou decisões pouco sensatas que poderão vir a ser uma grande problema a longo prazo e poderemos ter uma nova vilã na série.

Mais mistério, mais suspense, mais drama e mais romance, tudo está em cima da mesa para esta nova e promissora temporada!

Consulta ainda o nosso Calendário de Séries Fall Season 2015

 

 

Filipa Machado

Licenciada em Estudos Artísticos e uma grande apaixonada (e viciada) por Literatura, Televisão, Cinema e, em especial, por Animação Japonesa.

One thought on “Jane the Virgin | Primeiras impressões da segunda temporada

  • De quem a Petra irá ficar grávida?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *