Crédito editorial: Jaguar PS / Shutterstock.com

Jennifer Hudson atinge estatuto de EGOT

Um grupo prestigiado onde muito poucos entram, mas que acaba de crescer esta semana. Jennifer Hudson triunfou nos Tony Awards e é oficialmente uma EGOT.

A um estatuto onde se encontram artistas como Audrey Hepburn, John Legend, Whoopi Goldberg ou Rita Moreno, eleva-se agora um novo nome: Jennifer Hudson. A cantora e actriz venceu pela primeira vez um Tony Award na 75ª edição dos prémios do Teatro e alcançou assim o clube EGOT.

EGOT refere-se à elite de artistas que conseguiram a proeza de ganhar quatro conceituados prémios ao longo da sua carreira no entretenimento: Emmy Award (categoria de televisão), Grammy (categoria de música), Oscar (categoria de cinema) e Tony (categoria de teatro).

Lê Também:
EGOT | Quem pode fazer parte da elite?

A primeira conquista de Jennifer Hudson no mundo dos prémios foi em 2006. Com a sua aclamada performance no filme “Dreamgirls”, a actriz conquistou o Óscar de Melhor Actriz Secundária num ano em que também Cate Blanchett estava na corrida ao cobiçado prémio. Desde então conquistou dois Grammys, um em 2017 pelo álbum do musical “The Color Purple”, e outro em 2009 pelo seu álbum de R&B, e ainda um Daytime Emmy pelo seu trabalho como produtora executiva da animação “Baba Yaga”.

A consagração de EGOT aconteceu com “A Strange Loop”, o musical que arrecadou o Tony Award para melhor musical do ano. Hudson esteve envolvida no projecto como co-produtora. A artista torna-se assim a segunda mulher afro-americana a entrar no grupo de elite, seguindo-se a Whoopi Goldberg. É a terceira vencedora EGOT mais jovem de sempre e a primeira a ter no currículo um início de carreira num programa de talentos, o “American Idol”.

VÍDEO | A ORIGEM DO ÓSCAR DE JENNIFER HUDSON

Qual o teu trabalho favorito de Jennifer Hudson até ao momento?

Marta Kong Nunes

Fanática de cinema e séries por pura paixão, sou da geração Disney mas também das Tartarugas Ninjas, Motoratos e afins. Já passei pela obsessão de vários géneros de cinema e apesar de me considerar eclética, nada me tira o gozo de um bom filme de acção (por muito irrealista que seja). Séries também se devoram por cá, mas a magia de um filme, será sempre a magia de um filme!

Marta Kong Nunes has 2609 posts and counting. See all posts by Marta Kong Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.