EGOT | Robert Lopez, Whoopi Goldberg e John Legend

EGOT | Só 15 artistas fazem parte desta elite

Ser EGOT é estar no topo dos prémios de criatividade. Só os melhores da televisão, música, cinema e teatro conseguem estar neste grupo. Sabes quem são?

1 de 15

hype que existe durante a cerimónia de prémios recai quase sempre nas cerimónias norte-americanas e o público gosta de seguir e fazer todas as análises possíveis. Não consideramos que sejam os únicos prémios que importam, porque também encontramos obras de valor a serem representadas e galardoadas noutros países, mas se há quem saiba fazer espectáculo, são eles.

Entusiastas do mundo da arte, definiram quatro grandes categorias que todos os anos são a base de alguns dos maiores eventos da awards season. Cinema, televisão, música e teatro são os quatro pilares do entretenimento norte-americano e todos os anos distinguem os melhores com Óscares, Emmys, Grammys e Tonys, respectivamente.

Lê Também:
As bandas sonoras mais emblemáticas de Hans Zimmer

O acrónimo, EGOT (Emmy, Grammy, Oscar, Tony), foi inventado pelo actor Philip Michael Thomas, e reúne as inicias dos quatro prémios principais. Se no entanto ouvirem ou lerem sobre um vencedor GATE (Grammy, Academy, Tony, Emmy), é também relativo a um artista que alcançou o feito de conquistar os quatro prémios.

Até ao momento só existem 15 artistas que estão referenciados como EGOT. Um deles, inclusive, não é um EGOT mas duplo EGOT. Isso mesmo, existe um jovem artista que alcançou a incrível marca de arrecadar os quatro prémios, pelo menos, duas vezes cada um (e apenas em 10 anos).

Vem connosco e fica a conhecer os nomes mais reconhecidos no mundo das artes. Basta clicares nas setas.

RICHARD RODGERS

Richard Rodgers EGOT
Richard Rodgers, o primeiro artista a fechar o ciclo e a ganhar os quatro grandes prémios

OCUPAÇÃO: Compositor

Nº DE ANOS ATÉ ENTRAR NO GRUPO EGOT: 17

PRÉMIOS:

Emmy 1962 Música Original para Televisão – “Winston Churchill: The Valiant Years”
Grammy 1960 Melhor Álbum (Elenco Original) – “The Sound of Music”
Oscar 1945 Melhor Música Original – “State Fair”
Tony 1950 Melhor Musical – “South Pacific

Ao longo da sua carreira, Richard Rodgers arrecadou 13 prémios. Foi a primeira personalidade do mundo das artes a completar o ciclo e a tornar-se um EGOT.

ACTUALMENTE: Rodgers faleceu aos 77 anos, em 1979, depois de uma batalha contra o cancro e um ataque cardíaco. Faz parte do Hall of Fame do Teatro Americano.

1 de 15

Marta Kong Nunes

Arquitecta (com um c!) de formação. Coordenadora de profissão. Fanática de cinema e séries por pura paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *