A emancipação do ser sem braços

Junho no teatro: Lisboa

No mês de junho ou estamos em período de exames ou então em modo pré-férias. Em qualquer das situações, os teatros continuam a ter projectos chamativos que nos levam a querer arranjar um tempo para lá passar

1 de 7

Fazemos a pesquisa, lemos, vemos e falamos sobre teatro. Tudo para que possamos sair de casa sem nos perdermos no barulho publicitário feito por uma mão cheia de espectáculos (fazendo com que nos esqueçamos de outros), ou simplesmente para sairmos da nossa zona de conforto.

Lê Também:
Dia Mundial do Teatro | Mais de mil espectadores em Torres Novas e Alverca

Estas são as nossas sugestões de entre o que podes ver no mês de junho no teatro:

JUNHO NO TEATRO|A MATANÇA RITUAL DE GORGE MASTROMAS

A matança ritual de Gorge Mastromas
A matança ritual de Gorge Mastromas
Tiago Guedes regressa a Dennis Kelly, o dramaturgo britânico com quem já foi feliz na descida vertiginosa aos infernos da complexidade humana. Depois de Órfãos, o realizador e encenador aborda agora A Matança Ritual de Gorge Mastromas, texto de 2013 sobre a banalidade do mal na pessoa do homem que a peça de Kelly escrutina em retrospetiva: “A existência não é aquilo que até este momento pensaste que era. Não é honesta, não é gentil, não é justa. A maior parte do mundo não faz ideia disso, acreditam em Deus, ou no paizinho ou em Marx ou na mão invisível do mercado ou em honestidade ou bondade. Atravessam a vida, de olhos fechados, a levar porrada e ser lixados. Ele é assim. Tu és assim. Mas uma ínfima parte de nós, chamemo-nos a resistência, sabemos a verdadeira natureza da vida. É-nos dado o mundo. Somos poderosos e ricos e temos tudo, porque faremos tudo o que for preciso.”

Até dia 28 de junho no Teatro Nacional Dona Maria II, quarta e sábado às 19h, quinta e sexta às 21h e domingo às 16h. Os bilhetes irão de 9€ a 16€.

1 de 7

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *