Lana Del Rey partilha o single prometido

“Hope is a dangerous thing for a woman like me to have – but i have it” é a mais recente canção divulgada do álbum de Lana Del Rey que sairá este ano.

Na semana passada Lana Del Rey prometera uma nova canção. “Hope is a dangerous thing for a woman like me to have – but i have it” é o terceiro single divulgado do álbum Norman Fucking Rockwell, produzido por Jack Antonoff, e segue-se a “Mariners Apartment Complex” e “Venice Bitch”.

Lê Também:
Lana Del Rey lança nova música, Mariners Apartment Complex

Numa entrevista a Zane Lowe, na Apple Music’s Beat 1, em que confirmou o lançamento do álbum para este ano de 2019, Lana Del Rey explicou também o título dado ao registo, “Norman Fucking Rockwell”:

Trabalhando com Jack, estava num estado de ânimo mais ligeiro porque ele tinha tanta graça. Por isso o tema titular chama-se “Norman Fucking Rockwell”, e é sobre este tipo que é um artista genial mas que se julga o máximo, sabe-o e não pára de falar disso. Muitas vezes acabava por me encontrar junto destes tipos criativos que falam e falam sobre si mesmos e eu penso “sim, sim”. Mas há um pouco de mérito nisso também. Eles são tão bons. Gosto tanto do tema titular que decidi que queria mesmo que o álbum se chamasse assim.

A personagem elaborada no tema titular não é a única criação literária de Lana Del Rey. Mesmo sem levar em linha de conta o livro de contos e poesia, temporariamente intitulado Violet Bent Backwards Over the Grass, que nesta mesma entrevista Lana Del Rey prometeu vir a publicar, este novo single “hope is a dangerous thing for a woman like me to have – but i have it” continua a delinear uma personagem.

Acentua-se o esboço de uma mulher marcada pelo passado, amadurecida pela dor, perpassada de sentimentos situados na zona cinzenta do espectro, mas capaz ainda ou, talvez por isso mesmo, mais capaz de amar, acolher e sustentar. Sobre uma linha de piano cheia de espaço vazio, ainda mais ténue e esparsa do que em “Mariners Apartment Complex”, a voz nem feliz nem triste de Lana Del Rey afirma, quase a medo mas sem tremer, que ainda espera.

LANA DEL REY | “HOPE IS A DANGEROUS THING…”

Maria Pacheco de Amorim

Literatura, cinema, música e teoria da arte. Todas estas coisas me interessam, algumas delas ensino. Sou bastante omnívora nos meus gostos, mas não tanto que alguma vez vejam "Justin Bieber" escrito num texto meu (para além deste).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *