Irmãs Lily & Madeleine partilham “Analog Love”

Com “Analog Love”, Lily & Madeleine aproximam-nos mais ainda de Canterbury Girls. O single é já o quarto vislumbre que podemos ter do novo álbum da dupla.

Aproxima-se a data de lançamento de Canterbury Girls, o quarto álbum das irmãs Lily & Madeleine. Entretanto já tínhamos tido acesso a “Self Care”, “Just Do It” e “Can’t Help the Way I Feel”, singles que o duo tem vindo a lançar desde o final de novembro do ano passado. Hoje lançam “Analog Love”. O álbum, na íntegra, só estará disponível no próximo mês, dia 22 de fevereiro, por meio da New West Records.

Lê Também:
Father Of The Bride é o novo álbum dos Vampire Weekend

Neste mais recente single, as vozes das irmãs fundem-se mais do que nunca. “Analog Love” foi escrita pela dupla juntamente com a cantautora Lucie Silvas. Sobre este tema, as irmãs afirmam que “não compomos muitas canções de amor, mas “Analog Love” foi escrita muito facilmente, conjuntamente com a Lucie; e retrata um sentimento especial de amor descomplicado”.

[“Analog Love”] é uma tentativa de retratar o sentimento de uma relação romântica descomplicada e reconfortante. Como estamos muito em digressões, quase todas as relações que temos tornam-se relações à distância a um certo ponto. A comunicação via internet é uma ótima maneira de fazer chegar o nosso amor, mas, passado um pouco, a sua monotonia só nos faz desejar estar face a face com a pessoa, comunicando sem quaisquer distracções.”

“Analog Love” aproxima-se de sonoridades que em 2018 se destacaram do restante universo country. Curiosamente, os produtores desta faixa, assim como de todo o álbum, são Daniel Tashian e Ian Fitchuk, os mesmos que em 2018 produziram Golden Hour, de Kacey Musgraves.

LILY & MADELEINE | “ANALOG LOVE”

Lily & Madeleine iniciaram a sua carreira ainda no secundário. As duas irmãs de Indianapolis tinham um canal de YouTube onde frequentemente faziam upload de covers. Foi através desta plataforma que o produtor Paul Mahern as descobriu e ofereceu-lhes o seu estúdio para gravarem o seu primeiro EP The Weight of the Globe. A partir daí, a carreira foi-se desenvolvendo, tendo lançado em 2016 Keep It Together.

Comparando Canterbury Girls com os seus outros registos, Maddie expressou a sua gratidão por ser este o primeiro álbum em que têm total controlo sobre a criação das canções. “Self Care”, o lead single”, saiu ainda em novembro, no seu último dia. Pelas harmonias características da parelha, o piano vai desempenhando um papel de relevo na faixa. Se “Self Care” se aproximava já da pop, com “Just Do It” as irmãs atiraram-se de cabeça em direcção a esse cenário. O single, que saiu em dezembro, é o mais radio friendly de todos os singles, com os seus contratempos salientes e as marimbas bastante presentes. Ainda este mês, dia 17, saiu “Can’t Help the Way I Feel”. Com um toque mais retro, fazendo uso dos sintetizadores, a faixa avança na direcção dos últimos dois singles. Podes rever um e outro abaixo.

Com esta sucessão de singles, Lily & Madeleine asseguram-nos de que este álbum será muito mais focado em sons típicos pop, tendo, talvez, de deixar os tons mais folk e country a que estávamos habituados.

LILY & MADELEINE | “JUST DO IT”

LILY & MADELEINE | “CAN’T HELP THE WAY I FEEL”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *