Mad Max: Estrada da Fúria | © 2012 - Warner Bros. Entertainment Inc.

Mad Max: Estrada da Fúria já tem sequela em desenvolvimento

“Mad Max: Estrada da Fúria” poderá vir a ter uma sequela e é o próprio George Miller que o confirma. O plano a longo prazo: mais do que uma sequela!

“Mad Max: Estrada da Fúria” trouxe novamente o universo de George Miller ao cinema e, depois de ter figurado em várias listas do ano de estreia como um dos melhores filmes, e continuar a ser uma escolha de topo para os balanços da década, parece que está em vias de ter uma sequela, e a confirmação vem da parte do próprio Miller. Já havia sido anunciado um possível título, mas a confirmação só aparece mais de 3 anos após a estreia.

Miller está actualmente a trabalhar em “Three Thousand Years of Longing”, uma longa-metragem com Idris Elba e Tilda Swinton, e, apesar de se considerar numa pausa de “Mad Max”, confirmou em entrevista à Deadline que irá estar a fazer multitasking durante a produção de “Three Thousand Years of Longing”. O cineasta irá dividir-se entre a produção do novo filme e a pré-produção do próximo filme da saga “Mad Max”, a sequela para “Mad Max: Estrada da Fúria”.

Lê Também:
Mad Max: Estrada da Fúria, em análise

O filme estreou em 2015 mas apenas agora está a ser possível avançar com um projecto de sequela uma vez que o processo de desenvolvimento esteve num impasse pelo processo judicial entre a Warner Bros. e a produtora Kennedy Miller Mitchell, de George Miller. De acordo com o processo, a Kennedy Miller Mitchell afirma ter direito a 9 milhões de dólares por ter feito “Mad Max: Estrada da Fúria” abaixo do orçamento de 157 milhões de dólares, enquanto que a Warner Bros afirma que houve quebra de contrato pelo extensa duração do filme e por ter tido classificação etária de R-rating em vez de estar disponível em PG-13.

O desfecho do processo não é conhecido ainda mas algum progresso deve estar a decorrer uma vez que só agora Miller confirmou a sua ideia de sequela. Segundo George, as suas ideias são para duas sequelas de “Estrada da Fúria” e ainda um filme a solo centrado em Furiosa, a personagem de Charlize Theron. Sobre a história que apresentou em 2015, Miller apresentou também a história do passado de Doof Warrior, o guitarrista que é visto no filme a tocar o seu instrumento com fogo, num veículo em movimento. Sobre a personagem sabe-se agora que nasceu cega e que acabou por ser deixado com a sua mãe numa aldeia de mineiros. Para sobreviver, foi para o único local onde ser cego não fosse um obstáculo, neste caso um poço de mineiros, onde conseguiu sobreviver e para onde levou apenas um instrumento musical. Foi pela música que tocava que acabou com o seu novo grupo, que o considerou uma mais valia, e tornou-se um membro do exército de Immortan Joe.

A sequela nunca será apresentada antes de “Three Thousand Years of Longing”, mas é agora uma promessa por parte do realizador.

TRAILER | MAD MAX: ESTRADA DA FÚRIA ESTREOU EM 2015

Gostaste de “Mad Max: Estrada da Fúria”? Entusiasmado(a) com uma sequela?

Marta Kong Nunes

Arquitecta (com um c!) de formação. Coordenadora de profissão. Fanática de cinema e séries por pura paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *