Rolling Thunder Revue | © Netflix

Martin Scorsese volta ao mundo da música dos anos 70

Martin Scorsese vai voltar ao mundo da música dos anos 70 num novo documentário. O projecto será o segundo do género, depois de “Rolling Thunder Revue”.

Numa entrevista à Variety, Ron Howard e Brian Grazer, da Imagine Entertainment, anunciaram os seus próximos projectos já em desenvolvimento. Num grupo que reúne mais de 20 títulos entre filmes e séries de televisão, a companhia de entretenimento conseguiu captar a atenção dos leitores com um em particular: um documentário realizado por Martin Scorsese.

O conceituado cineasta, que neste momento se encontra nomeado para múltiplos prémios (tendo já ganho alguns) referentes ao seu último filme, “The Irishman“, pela Netflix, parece ter aceite a proposta de conduzir mais um projecto, neste caso em forma de documentário, sobre o mundo da música dos anos 70.

Lê Também:
O Irlandês e a evolução dos efeitos especiais no cinema atual

O departamento de não-ficção da Imagine Docs anunciou que o documentário em desenvolvimento será um regresso do próprio Martin Scorsese ao mundo da música dos anos 70 uma vez que ele já trabalhou em algo semelhante num documentário da Netflix. Em “Rolling Thunder Revue” foi revisitado o mundo da tour legendária de 1975 de Bob Dylan, pelos olhos e ouvidos da época. Sobre o enredo do documentário no entanto a Imagine Docs não avançou qualquer informação, sabendo-se apenas que neste momento encontra-se em negociações para potenciais distribuidores no futuro – desde a Netflix à Showtime e Apple Tv+.

Este novo projecto irá adicionar-se ao currículo de Scorsese como mais um projecto musical. Nos últimos anos, o cineasta já esteve por trás de vários documentários de música como “George Harrison: Living in the Material World” “No Direction Home” e “The Last Waltz”, e esteve na equipa de produção da série “Vinyl”, da HBO.

TRAILER | ROLLING THUNDER REVUE FOI O ÚLTIMO DOCUMENTÁRIO DE SCORSESE

O que pensas do trabalho de Scorsese? És fã?

Marta Kong Nunes

Arquitecta (com um c!) de formação. Coordenadora de profissão. Fanática de cinema e séries por pura paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *