Metro Exodus

Metro Exodus (PS4) | em análise

Metro Exodus é o mais recente jogo da saga Metro e dá um passo em frente na tentativa de ser um jogo mais completo e maior sem perder a sua identidade. Será que consegue?

ANÁLISE | Metro Exodus

Metro Exodus passa-se dois anos após o jogo anterior e continua focado numa abordagem pouco usada atualmente neste género de jogos. Os FPS neste momento são focados em ação constante, muitos tiros, muitas mortes, sempre a disparar, sempre a ressuscitar. Aqui a abordagem é diferente. Exodus é um jogo tenso, onde por vezes temos de ter calma, de saber esperar, de planear, ser estratégico e cauteloso. É um shooter de paciência em alguns momentos, e aprecio essa abordagem mais survival.

Metro Exodus tem muito maior liberdade do que os jogos anteriores. A variedade de cenários é bastante grande, todos eles criados com coerência e grande detalhe no design, onde existe sempre a sensação de que aqueles cenários têm um passado e fazem sentido dentro desta saga.

Este é um Metro com muito mais ar livre, mais focado num conceito de open world, mas os grandes momentos continuam a ser nos túneis. Este ainda é um jogo de exploração subterrânea onde os encontros serão sempre intensos e muitas vezes quando menos se espera.

Lê Também:
Football Manager 22, em análise

Com isto, cria-se um enorme contraste na forma de jogar. Nos túneis o ambiente é brutalmente claustrofóbico, muito graças a efeitos sonoros de topo que nos deixam acelerados e arrepiados. A isto juntam-se excelentes efeitos de luz e sombras que tornam o ambiente fortíssimo, e com um bom sistema de som e pouca luz à nossa volta, a experiência é muito boa.

No exterior, é um jogo que nos dá liberdade, principalmente na forma como podemos abordar ataques, assaltos e exploração, sempre à procura de recursos ou de sobreviver.
É fundamental estudar os territórios, tentar sempre estar nos locais mais altos, saber por onde seremos atacados, antever animais que possam estar escondidos.

Em termos ambientais, destaque para as tempestades de areia que nos roubam toda a percepção do que está à nossa volta, aumentando muito a tensão e a sensação de que poderemos não sobreviver, principalmente nas dificuldades mais altas. A verdade é que graças a tudo isto, raramente temos descanso.

Com uma boa variedade de arsenal e muitas modificações que podem ser feitas no momento, sem paragem do jogo, o ambiente e tensão não se perde. Há sempre uma boa sensação de urgência no que fazemos, o que me agradou. Num mundo vasto, com muitos animais e mutantes para matar, para cada um deles precisamos de uma estratégia diferente, e mesmo apesar da inteligência artificial poder ser melhor, o desafio é intenso, nunca parecendo um jogo fácil.

Os momentos de viagem no comboio são ideais para aprofundar a historia e conhecer personagens, com muitos e bons diálogos sobre a própria condição humana, as ligações sentimentais criadas, os medos e sonhos. Aqui apenas é pena o trabalho de vozes não estar ao nível do jogo.

A historia é interessante, mas mais pela ligações entre as personagens e menos em relação ao mundo e ao que vai acontecendo. Exodus é um jogo mais humano do que os anteriores, graças a essa exploração das ligações entre as personagens. O facto de não existir um vilão principal, retira algum impacto ao fim da história, mas torna-a, provavelmente, mais realista.

Feitas as contas, demorei umas 23 horas a fazer tudo. A parte final arrefece um bocado em termos de tensão e impacto e pelo meio existem alguns bugs e algumas quebras de rate, mas nada de especial.

O resultado final é um bom jogo, um dos shooter mais interessantes dos últimos tempos e que caminha no seu género como algo diferente. Intenso, calculista, negro, este é um jogo que agradará a todos os fãs da saga, e mesmo não sendo o melhor jogo da série, é uma boa adição!

Luís Pinto

HARDWARE USADO PELA MHD PARA TESTES DE JOGOS

PS4:

  • PlayStation 4 Pro
  • Razer Raiju Controller
  • Razer Leviathan Sound System

PC:

  • Headphones Razer Carcharias
  • Keyboard Razer Epic Chroma
  • Mouse Razer Naga Epic Chroma
  • Monitor AOC U3277PWQU

Mobile:

  • LAIQ Glow

Metro Exodus
metro game

Game title: Metro Exodus

Game description: Metro Exodus é o mais recente jogo da saga Metro e dá um passo em frente na tentativa de ser um jogo mais completo e maior sem perder a sua identidade. Será que consegue?

  • Jogabilidade - 80
  • Gráficos - 83
  • Som - 85
  • Enredo - 78
81

RESUMO

O MELHOR: Bom ambiente, enredo emocional, grandes efeitos sonoros.

O PIOR: Trabalho de vozes não está ao nível do jogo

EDITORA: Koch Games

PLATAFORMA: PlayStation 4

Sending
User Review
4 (1 vote)
Comments Rating 1 (1 review)

Luis Pinto

Developer de videjogos e inteligência artificial - Autor do canal Luís Pinto - Apaixonado por jogos desde o tempo do Spectrum!

Luis Pinto has 827 posts and counting. See all posts by Luis Pinto

Leave a Reply

Sending