"Da 5 Bloods - Irmãos de Armas" | © Netflix

National Board of Review 2021 | Da 5 Bloods é o Filme do Ano

O National Board of Review escolheu “Da 5 Bloods – Irmãos de Armas” como o Melhor Filme de 2020. Conhece a lista completa de vencedores. 

Da 5 Bloods – Irmãos de Armas” continua a confirmar o seu favoritismo nesta Awards Season, ao ser o grande vencedor do National Board of Review. A associação cinematográfica dos EUA que entrega anualmente os seus galardões desde 1909, entrega pelo segundo ano consecutivo o galardão de Melhor Filme a uma produção da plataforma de streaming Netflix. No ano passado, foi “O Irlandês” o privilegiado.

mank-critica
© Netflix

Para além da categoria principal, “Da 5 Bloods: Irmãos de Armas” venceu também as categorias de Melhor Realizador e Melhor Elenco. Além da lista completa de vencedores poderás conhecer o top 10 de melhores filmes do ano. As grandes ausências são “Mank”, de David Fincher e “Os 7 de Chicago”, de Aaron Sorkin.

Conhece abaixo a lista completa de vencedores do National Board of Review.

National Board of Review 2021 | Lista Completa de Vencedores

MELHOR FILME

“Da 5 Bloods: Irmãos de Armas”

MELHOR REALIZADOR

Spike Lee por “Da 5 Bloods: Irmãos de Armas”

MELHOR ATOR

Riz Ahmed por “Sound of Metal”

MELHOR ATRIZ

Carey Mulligan por “Uma Miúda com Potencial”

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO

Paul Raci por “Sound of Metal”

MELHOR ELENCO

“Da 5 Bloods: Irmãos de Armas”

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA

Youn Yuh-jung por “Minari”

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL

“Minari”

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO

“News of the World”

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO

“Soul”

MELHOR ATOR REVELAÇÃO

Sidney Flanigan por “”Never Rarely Sometimes Always”

MELHOR ESTREIA EM REALIZAÇÃO

Channing Godfrey Peoples por “Miss Juneteenth”

MELHOR FILME DE LÍNGUA ESTRANGEIRA

“La Llorona” (Guatemala)

MELHOR DOCUMENTÁRIO

“Time”

MELHOR FOTOGRAFIA

Joshua James Richards por “Nomadland”

PRÉMIO LIBERDADE DE EXPRESSÃO

“One Night in Miami”, de Regina King

PRÉMIO SPOTLIGHT

Radha Blank, argumentista, realizadora e protagonista de “The Forty-Year-Old Version”

PRÉMIO ÍCONES

Chadwick Boseman

TOP 10 | MELHORES FILMES DO ANO

  • “Da 5 Bloods – Irmãos de Armas”
  • “O Céu da Meia-Noite”
  • “First Cow”
  • “The Forty-Year-Old Version”
  • “Judas and the Black Messiah”
  • “Minari”
  • “News of the World”
  • “Nomadland – Sobreviver na América”
  • “Uma Miúda com Potencial”
  • “Soul”
  • “Sound of Metal”

TOP 10 | MELHORES FILMES INDEPENDENTES

  • “O Ninho”
  • “Posto de Combate”
  • “The Climb”
  • “Driveways”
  • “Farewell Amor”
  • “Miss Juneteenth”
  • “Never Rarely Sometimes Always”
  • “Relic”
  • “Saint Frances”
  • “Wolfwalkers”

TOP 5 | MELHORES FILMES DE LÍNGUA NÃO INGLESA

  • “Apples” (Grécia”)
  • “Collective” (Roménia)
  • “Dear Comrades!” (Rússia)
  • “El Agente Topo” (Chile)
  • “La Nuit des Rois” (Costa do Marfim)

TOP 5 | MELHORES DOCUMENTÁRIOS

  • “All In: The Fight for Democracy”
  • “Boys State”
  • “Dick Johnson is Dead”
  • “Miss Americana”
  • “The Truffle Hunters”

Virgílio Jesus

Era uma vez em...Portugal um amante de filmes de Hollywood (e sobre Hollywood). Jornalista e editor de conteúdos digitais em diferentes meios nacionais e internacionais, é um dos especialistas na temporada de prémios da MHD, adepto de todas as formas e loucuras fílmicas, e que está sempre pronto para dois (ou muitos mais!) dedos de conversa com várias personalidades do mundo do entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *