Wednesday (foto de Zach Romeo)

“November” mostra o ânimo invernoso dos Wednesday

Os Wednesday partilharam o terceiro single do seu álbum de estreia, I Was Trying to Describe You To Someone. “November” é um pensativo crescendo, a ouvir aqui.

Os Wednesday são um quinteto liderado por Karly Hartzman, vindos de Ashville, na Carolina do Norte, que vão lançar agora o segundo álbum, mas o primeiro composto pela banda na sua actual, agora completa, formação. I Was Trying to Describe You to Someone vai ser lançado no dia 7 de Fevereiro, pela Orindal Records. Tendo, ainda no passado, partilhado simultaneamente os primeiros singles do novo disco, “Fate Is…” e “Billboard”, a banda deu a conhecer esta semana o terceiro e último tema que poderemos ouvir antes do álbum sair no próximo mês, “November”. Este último revela uma faceta mais intimista do álbum, mesmo dentro da sonoridade lo-fi que caracteriza os vários temas ouvidos até agora, com os acentos invernosos e nostálgicos da linha e desempenho vocais de Hartzaman a imiscuirem-se nas espaçosos e ecoantes linhas de guitarra até se agudizarem no crescendo e distorção finais.

Na sua conta de Bandcamp, podemos ler que os Wednesday, com a sua nova formação, “maximizam a sombria dissonância de um triplo ataque de guitarras para realçar a emotividade da voz ressoante de Hartzman e o tecido de semi-lembradas memórias e referências literárias de que são compostas as suas letras; as oito canções de I Was Trying to Describe You to Someone fundem elementos de shoegaze, grunge, indie pop e cultura sulista americana num estilo pessoal único de músic rock contemporânea que vibra de poder e ternura.”

Lê Também:
Os 25 Melhores Álbuns de 2019

Os Wednesday são actualmente compostos pela vocalista e guitarrista Karly Hartzman, o guitarrista principal Daniel Gorham, o segundo guitarrista Xandy Chelmis, a baixista Margo Schultz e o baterista Alan Miller. Mas nem sempre foi assim. Tendo começado como uma colaboração entre Hartzman e Gorham em 2017, enquanto ambos estudavam na universidade de Ashville, da qual resultou o primeiro álbum, com uma sonoridade synth-pop, Yep, Definitely, os Wednesday depressa se transformaram numa entidade alargada ao recrutar Chelmis e Miller, mais a original baixista Julien Melissas, para tocar numa festa na casa da irmã de Hartzman. Tendo conquistado o seu pequeno público, os Wednesday rapidamente cresceram para se tornar uma presença basilar na cena local de Ashville, actuando frequentemente no The Mothlight.

Aquando a primeira digressão dos Wednesday, Schultz substituiu Melissas e foi com este novo, definitivo alinhamento que a banda gravou em 2018 um EP colaborativo com MJ Lenderman, How Do You Let Love into the Heart That Isn’t Split Wide Open e, no ano seguinte, o seu próprio e homónimo EP. Ambos os discos viram os Wednesday caminhar para a sonoridade mais sombria, tanto ao nível do instrumental quanto do lirismo, que agora os caracteriza. Foi depois de terminar a universidade que Hartzman começou a compor as canções que integram o novo álbum.

I Was Trying To Describe You To Someone
Capa de I Was Trying To Describe You To Someone

I Was Trying to Describe You to Someone resulta de um processo de composição mais colectivo, pelo que as canções enfatizam agora o ruído e dissonância resultantes do cruzamento da guitarra de lap steel de Chelmis com a guitarra principal de Gorham. O disco, masterizado por Scoops Dardaris, foi gravado em casa de Hartzman com a assistência do seu amigo e engenheiro de som Colin Miller: “A profundidade e clareza da gravação equilibra o volume da distorção das actuações ao vivo dos Wednesday com o intimismo da voz de Hartzman. As suas palavras mantêm-se no centro do caos, sem se deixarem obscurecer pela potência da banda”.

Esta sonoridade cada vez mais sombria dos Wednesday foi inspirada tanto por bandas e artistas como The Swirlies, Arthur Russell, Red House Painters, Tenniscoats, Ana Roxanne e Acetone como pela sua continuada colaboração com o conterrâneo MJ Lenderman, que contribui para a harmonia vocal das canções “Billboard” e “November”. Quanto ao lirismo do álbum, Hartzman descreve-o como uma “tentativa de aceder a antigas memórias pessoais e fazer-lhes justiça por meio de uma prosa inspirada pela escrita de Richard Brautigan, Flannery O’Connor, David Berman, Tom Robbins e por filmes como Steel Magnolias.”

WEDNESDAY | “NOVEMBER”

WEDNESDAY | “FATE IS…”

WEDNESDAY | “BILLBOARD”

I WAS TRYING TO DESCRIBE YOU TO SOMEONE | Alinhamento

  1. “Fate Is…”
  2. “Billboard”
  3. “Love Has No Pride”
  4. “Underneath”
  5. “November”
  6. “Maura”
  7. “Coyote”
  8. “Revenge Of The Lawn”

Maria Pacheco de Amorim

Literatura, cinema, música e teoria da arte. Todas estas coisas me interessam, algumas delas ensino. Sou bastante omnívora nos meus gostos, mas não tanto que alguma vez vejam "Justin Bieber" escrito num texto meu (para além deste).

Maria Pacheco de Amorim has 187 posts and counting. See all posts by Maria Pacheco de Amorim

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.