©New Regency Productions

Os Óscares de melhor filme, que vieram do teatro

A um dia da cerimónia dos Óscares, vamos debruçarmo-nos sobre uma parte da história deste prémio, que é mais comum do que se pensa.

Os Óscares estão aí à porta, e seguindo na onda de “O Pai”, filme de Florian Zeller baseado na sua própria peça e nomeado para o Óscar de melhor filme, apresentamos aqui as principais nomeações para a estatueta dourada, que foram inspirados em peças de teatro.

1 de 22

.

PARADA DO AMOR (1929)

ERNST LUBITSCH

os-Óscares-Love-Parade
©Paramount Pictures

Realizado por um mestre do cinema, “A Parada do Amor”, é uma comédia musical, escrita por Guy Bolton e Ernest Vajda , que adaptaram o guião da peça teatral de Jules Chancel, “Le Prince Consort”. O filme apresenta-nos uma rainha e o seu marido, que mesmo vivendo uma vida de luxo, se encontra constantemente atirado para um poço de aborrecimento, devido às suas obrigações legais. Para além do Óscar de melhor filme, a obra esteve nomeada para mais cinco categorias, Melhor Realizador, Melhor Actor, Melhor Fotografia, Melhor direcção de Arte e Melhor Som, não tendo ganho nenhuma delas.

1 de 22

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *