A Forma da Água

A Forma da Água triunfa nos Producers Guild Awards

“A Forma da Água” de Guilhermo del Toro triunfou nos Producers Guild Awards e está apenas a um passo de vencer a corrida aos Óscares. 

Os Óscares anunciam os seus nomeados na terça-feira, 23 de janeiro. No entanto, um filme acrescentou não só as suas chances em ser nomeado como de vencer. Falamos de “A Forma da Água” que recebeu o galardão de Melhor Produção nos Producers Guild Awards. O filme de Guilhermo del Toro superou “Amor de Improviso”, “Chama-me Pelo Teu Nome”, “Dunkirk”, “Foge”, “Eu, Tonya”, “Lady Bird”, “Jogo da Alta-Roda”, “The Post”, “Três Cartazes à Beira da Estrada” e “Mulher-Maravilha”.

Também “Coco” saiu vencedor da cerimónia, ao receber o galardão de Melhor Produção de Animação. “The Handmaid’s Tale”, “The Marvellous Mrs. Maisel” e “Black Mirror” foram as séries galardoadas nas categorias de televisão.

Guilhermo Del Toro não esteve presente na cerimónia, uma vez que foi ao México para estar com seu pai que está doente. Foi então que o ator Richard Jenkins, que participa no filme, subiu ao palco para ler uma declaração do cineasta, abaixo transcrita.

Gostaria de pedir a todos que me permitissem dedicar um pequeno momento e as honras desta noite ao meu pai e à minha mãe, a quem minha infinita gratidão pertence e, por sua vez, como pai que sou, para dedicar o galardão aos meus filhos, e que também eles sejam livres para perseguir os seus sonhos e as suas fantasias e possam estar ao meu lado quando eu desaparecer.

J. Miles Dale, outro produtor do filme, agradeceu no seu discurso aos membros do Sindicato de Produtores por terem reconhecido um filme pouco convencional, definido em 1962, e que explora a a relação entre uma empregada de limpeza muda e uma criatura misteriosa capturada das águas profundas da Amazónia.

Os prémios entregues pelo PGA – que contém 8,200 membros – fizeram-se corresponder nos Óscares 19 em 28 anos. Nos últimos dois anos os vencedores não foram os mesmos. Em 2017 o prémio foi entregue a “La La Land: Melodia de Amor” e em 2016 a “A Queda de Wall Street”, enquanto que a estatueta dourada foi para “Moonlight” e “O Caso Spotlight”, respetivamente.

O realizador-produtor de “Foge”, Jordan Peele recebeu o prémio Stanley Kramer por um filme que aumenta a consciencialização relativamente a questões sociais. Ava DuVernay foi homenageada com o Visionary Award.

PGA 2018 | LISTA COMPLETA DE VENCEDORES

CINEMA

Darryl F. Zanuck Award para Melhor Produção

A Forma da Água”. Produtores: Guillermo del Toro, J. Miles Dale

Melhor Produção de Animação

“Coco”. Produtora: Darla K. Anderson

Melhor Documentário

“Jane”. Produtores: Brett Morgen, Bryan Burk, Tony Gerber, James Smith

Producers Guild Awards
The Handmaid’s Tale

TELEVISÃO

Melhor Série de Drama

The Handmaid’s Tale” (Temporada 1). Produtores: Bruce Miller, Warren Littlefield, Daniel Wilson, Fran Sears, Ilene Chaiken, Sheila Hockin, Eric Tuchman, Frank Siracusa, John Weber, Joseph Boccia, Elisabeth Moss, Kira Snyder, Leila Gerstein

Melhor Série de Comédia

“The Marvelous Mrs. Maisel” (Temporada 1). Produtores: Daniel Palladino, Amy Sherman-Palladino, Sheila Lawrence, Dhana Rivera Gilbert

Melhor Minissérie/Telefilme

“Black Mirror” (Temporada 4). Produtores: Annabel Jones, Charlie Brooker

Para mais informações sobre a temporada de prémios podes consultar o Calendário da Awards Season aqui

Virgílio Jesus

Era uma vez em...Portugal um amante de filmes de Hollywood (e sobre Hollywood). Jornalista e editor de conteúdos digitais em diferentes meios nacionais e internacionais, é um dos especialistas na temporada de prémios da MHD, adepto de todas as formas e loucuras fílmicas, e que está sempre pronto para dois (ou muitos mais!) dedos de conversa com várias personalidades do mundo do entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *