Razer ManO’War 7.1, em Análise


Auscultadores que simulam uma sensação surround de 7.1? Será que conseguem?

Depois de lançar o Wireless ManO’War 7.1, a Razer lança agora a versão com fios, mais barata, mas cheia de qualidade.

O que este produto promete é o ambiente que um som 7.1 consegue oferecer. Mas será possível nuns auscultadores a este preço? Primeiro comecemos pelo básico. A Razer continua a oferecer um produto muito confortável e com bons materiais. Suave, leve o quanto baste e com um cabo grande e mais um extensor, a verdade é que a liberdade se perde, mas não assim tanto. Com uma entrada analógica 3,5mm torna-se compatível com quase tudo, desde consolas, passando pelo nosso PC e smartphone. Os cabos tem um bom revestimento em fibra e a durabilidade está garantida se o tratarmos bem. Para os que queiram passar para um sinal digital,  o pack traz um adaptador USB onde está instalado o motor sonoro que cria a sensação 7.1

1500x1000-04__store_gallery

Com um bom microfone, que capta a nossa voz com grande qualidade, a Razer demonstra que quer oferecer um produto completo. O poder sonoro do ManO’War é considerável, com grande qualidade de som e uma sensação de som a 360 graus. Se tivermos um conjunto de colunas 7.1 em casa podemos perceber que existem diferenças, mas não de forma muito vincada. Este produto da Razer comporta-se mesmo muito bem, e se tivermos em conta que se adapta a qualquer consola, então não existe no mercado nada igual a este preço.

Lê Também:
Razer Kraken Tournament Edition, em análise

O conforto é mesmo a palavra de ordem. Após várias horas a usá-lo para testar jogos, o conforto continua fantástico. É verdade que já experimentámos outros auscultadores da Razer que conseguiam isolar melhor os sons exteriores, mas poucos, ou talvez nenhum, se apresentou tão confortável.

razer-manowar-header

 

Vê também: Razer Kraken 7.1 Chroma, em Análise

 

Voltando a olhar para os materiais, o único aspeto por no início parece algo estranho está na ligação rotativa dos auscultadores. No início parece algo frágil, o que é raro num produto da Razer, mas aos poucos percebemos que tal não será um problema. A forma como usamos o produto não dará a possibilidade de estas junções se estragarem a longo prazo.

1500x1000-01__store_gallery

Olhando globalmente para este ManO’War, é difícil não o recomendar. Extremamente versátil nas ligações que tem, com bons materiais e uma excelente performance sonora, este produto da Razer destaca-se. No entanto o que o torna único é o simples facto de ser bem mais barato de outros auscultadores 7.1 com ligações para consolas. Não, a sua performance de 7.1 não é perfeita, mas isso ainda não existe. Se o compararmos aos Kraken 7.1, também da Razer, então este vence no conforto e na qualidade sonora, apesar de ser ligeiramente mais caro.

Lê Também:
Razer Kraken Tournament Edition, em análise

Se procuram uns auscultadores com estas características, então esta é a escolha acertada.

 

Pontos fortes:

  • Qualidade / Preço
  • Qualidade sonora
  • Boa sensação 360º
  • Grande compatibilidade com PC, smrtphones e consolas

Pontos fracos:

  • (nada de relevante)

Luís Pinto


 

 

Luis Pinto

Software developer - Autor do canal Tek Test - Apaixonado por jogos desde o tempo do Spectrum!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *