© Open Road Films

Sean Penn grava documentário em pleno solo ucraniano

É o maior ataque em solo europeu desde a 2º Guerra Mundial, a invasão russa à Ucrânia. Sean Penn encontra-se no terreno a gravar um documentário sobre os eventos.

Na madrugada de dia 24 de Fevereiro, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, ordenou o bombardeamento e avanço das tropas sobre solo ucraniano. Contudo, apesar do cenário de guerra e destruição, encontram-se diversos jornalistas e repórteres a relatar os eventos. Sean Penn, conhecido por Milk e Mystic River, está no local do conflito a gravar um documentário sobre a invasão russa. É uma produção da VICE Studios.

De acordo com Newsweek, o ator visitou o gabinete do presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, como também encontrou-se com Iryna Vereshchuk, vice primeira-ministra ucraniana. Além disso, Sean Penn participou em várias conferências de imprensa.

Lê Também:
HISTÓRIA | Os destaques de março

Nesse sentido, o gabinete do presidente ucraniano emitiu um comunicado sobre a atitude do ator face ao cenário de guerra e os seus eventos. Segundo avança a agência de noticias Reuters, e publicado na página de Facebook do gabinete do presidente,  “O director (Sean Penn) veio especialmente a Kyiv para gravar todos os eventos que estão a acontecer, e mostrar a verdade sobre a invasão russa ao nosso país”.

Contudo, é de relembrar, que o ator esteve no país em Novembro de 2021, visitou bases e outras instalações militares, como foi publicado pelas Forças Armadas Ucranianas.

Por fim, o autor é conhecido por estar envolvido em várias campanhas anti-guerra e operações humanitárias. No seu documentário, “Citizen Penn“, conta que fundou a organização sem fins lucrativos CORE, após os sismos no Haiti em 2010. Além disso, a organização enviou equipas para o país, para prestar auxilio face as dificuldades sentidas durante a pandemia.

TRAILER | DESCOBRE MAIS SOBRE O LADO HUMANO DE SEAN PENN

Conhecias o lado filantrópico de Sean Penn? Que peso terá esta guerra entre Rússia e Ucrânia para a Europa e o resto do mundo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.