Sony ressuscita Aibo, o cão robótico

A nova versão do Aibo tem uma aplicação própria, para além de ser esteticamente mais apelativo.

Após mais de uma década, o cão robótico da Sony está de volta. O move o corpo em torno de 22 eixos, tem painéis OLED capazes de veicular algumas emoções e mima os seus donos. Tem duas horas de autonomia e carrega em três horas.

O Aibo pode ser encomendado no Japão  e surge com uma subscrição que ronda os 25 euros por mês que garantem o acesso a uma app onde é possível ver as fotos tiradas pela câmara integrada, descarregar novos truques, conectividade Wi-Fi e LTE, backup para a cloud e acesso a todas as funcionalidades, explica o The Verge. O preço do Aibo deve chegar aos 1700 dólares.

O Aibo consegue compreender o que faz os seus donos felizes, e procura surpreendê-los. Tem uma boa capacidade de adaptação e contem um sistema de aprendizagem de máquina para analisar os sons e imagens que chegam através dos sensores.

Lê Também:
EISA | Os melhores equipamentos imagem e audio de 2017-2018

As suas expressões faciais e a capacidade de distinguir com precisão os diferentes sons são os principais pontos fortes desta nova versão.

O robot foi, originalmente criado em 1999, tendo sido o primeiro produto robótico da marca.

APRESENTAÇÃO | CONHECE O AIBO

Conheces a primeira versão do Aibo?

Cátia Santos

Observadora, comunicadora, crítica, muito curiosa, apaixonada pela escrita criativa e informativa. Devoradora de livros e de música, com um especial gosto por tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *