Sophia, a robot da Arábia Saudita com cidadania

Sophia, a primeira robot com cidadania no mundo, tem mais direitos do que as mulheres na Arábia Saudita.

Esta semana foi concedida cidadania a um robot – a Sophia, desenvolvida pela Hanson Robotics – pela Arábia Saudita. É a primeira vez que esta distinção é atribuída a um robot mas, como alguns internautas fizeram notar a partir das redes sociais, a ocasião merece reflexão por mulheres reais terem menos direitos que este robot.

Durante um mega evento tecnológico na capital Riad,  Sophia, fez expressões faciais e manteve conversas, e ainda, cortejou a multidão ao aparecer publicamente. Agradeceu e disse sentir-se muito “orgulhosa e honrada desta tão única distinção”.

Vários internautas apontaram em publicações no Twitter que, ao contrário de mulheres humanas, a Sophia não tem necessidade de usar hijab e não tem de ter companhia de um homem para andar na rua.

Lê Também:
EISA | Os melhores equipamentos imagem e audio de 2017-2018

Como recorda o Mashable, as mulheres na Arábia Saudita continuam a estar impedidas de obter passaporte, viajar sem autorização expressa do pai, tios, irmãos ou marido. Só recentemente é que tiveram direito a conduzir, um ‘avanço’ celebrado que está a ser visto como um passo para mais progresso.

No Twitter, a hashtag #Sophia_demands_the_repeal_of_guardianship ganhou seguidores de tal forma, que há até quem já ache que os recentes direitos históricos ganhos pela robot, serão perdidos em breve.

O que pensas relativamente a este avança tecnológico?

Cátia Santos

Observadora, comunicadora, crítica, muito curiosa, apaixonada pela escrita criativa e informativa. Devoradora de livros e de música, com um especial gosto por tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *