Spirit Awards | O Caso Spotlight vence 5 prémios

 

O novo filme de Tom McCarthy foi o principal vencedor da noite dos Film Independent Spirit Awards, com 5 galardões, incluindo melhor filme, melhor realizador e melhor elenco.

A cerimónia dos Spirit Awards, os prémios que atualmente são considerados os Óscares do cinema independente, escolheram O Caso Spotlight como o melhor filme do ano. O filme sobre o escândalo de pedofilia e respetiva investigação jornalística levada a cabo pelo The Boston Globe, foi o grande favorito da noite ao receber ainda outros quatro galardões (melhor realizador, melhor argumento original, melhor montagem e melhor elenco).

Lê também: Óscares 2016 | A análise definitiva a um ano potencialmente histórico

Beasts of No Nation, a longa-metragem da Netflix, realizada por Cary Fukunaga, que conta a história das crianças soldado em África, recebeu dois prémios em interpretação, numa altura em que a questão racial está em alta em Hollywood. Room, o filme indie nomeado a 4 Óscares da Academia recebeu, sem surpresas, os prémios de melhor atriz (Brie Larson) e melhor primeiro argumento para Emma Donoghue que está nomeada à estatueta dourada na categoria de melhor argumento adaptado. A surpresa ficou a cargo da atriz revelação Mya Taylor, ao tornar-se a primeira pessoa transgénero a receber o troféu de melhor atriz secundária por Tangerine.

Lê Também:
Saoirse Ronan une-se a Steve McQueen em Blitz

Os Spirit Awards são os mais importantes prémios da indústria independente americana e que entrega os troféus as produções de 20 milhões de dólares ou menos. Em todas as cerimónias recentes tem sido um factor chave nas escolhas para os Óscares da Academia, especialmente com no ano passado com Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância) e em 2014 com 12 Anos Escravo. Veremos se esta noite, a situação se repete.

Vê ainda: Transmissão Óscares 2016 | Tudo o que precisas de saber

 

LISTA DOS VENCEDORES DOS SPIRIT’S AWARDS 2016

Melhor Filme

  • O Caso Spotlight
Spirit Awards
O elenco e a equipa técnica de O Caso Spotlight na sala de imprensa

Melhor Primeiro Filme

  • O Diário de uma Rapariga Adolescente, de Marielle Heller

Melhor Realizador

  • Tom McCarthy por O Caso Spotlight

Melhor fotografia

  • Ed Lachman por Carol

Melhor montagem

  • Tom McArdle por O Caso Spotlight

Melhor Argumento

  • Tom McCarthy & Josh Singer por O Caso Spotlight
Lê Também:
Saoirse Ronan une-se a Steve McQueen em Blitz
Spirit Awards
Tom McCarthy e Josh Singer com o prémio de melhor argumento

Melhor Primeiro Argumento

  • Emma Donoghue por Quarto
Spirit Awards
Emma Donoghue com o troféu de melhor primeiro argumento

Melhor Ator

  • Abraham Attah por Beasts Of No Nation
O jovem de 14 anos recebeu uma ovação de pé
O jovem de 14 anos recebeu uma ovação de pé

Melhor Atriz

  • Brie Larson por Quarto
Spirit Awards
Brie Larson continua a sua caminhada para o Óscar de melhor atriz

Melhor Ator Secundário

  • Idris Elba por Beasts Of No Nation
Spirit Awards
Idris Elba com o seu troféu

Melhor Atriz Secundária

  • Mya Taylor por Tangerine
Mya Taylor radiante com a vitória.
Mya Taylor radiante com a vitória.

Melhor Filme Estrangeiro

  • Son Of Saul (Hungria), de László Nemes

Melhor Documentário

  • The Look Of Silence, de Joshua Oppenheimer

Prémio Robert Altman (Melhor Elenco)

  • O Caso Spotlight

Para mais informações sobre a temporada de prémios que está quase a terminar consulta o nosso Calendário Awards Season 2015/2016.

Virgílio Jesus

Era uma vez em...Portugal um amante de filmes de Hollywood (e sobre Hollywood). Jornalista e editor de conteúdos digitais em diferentes meios nacionais e internacionais, é um dos especialistas na temporada de prémios da MHD, adepto de todas as formas e loucuras fílmicas, e que está sempre pronto para dois (ou muitos mais!) dedos de conversa com várias personalidades do mundo do entretenimento.

Virgílio Jesus has 1402 posts and counting. See all posts by Virgílio Jesus

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.