streaming

Os lucros de streaming ultrapassam os do CD

Os conteúdos de streaming representam, actualmente, 38% dos lucros obtidos pela indústria musical, à escala global.

Os lucros obtidos pela indústria musical com o streaming ultrapassaram, pela primeira vez, os que foram resultado da venda de formatos físicos como o CD. Estes dados foram apresentados pela Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI), que registou também um crescimento global da indústria musical pelo terceiro ano consecutivo, e que foi de 8,1% em 2017.

Segundo a IFPI, os lucros dos serviços digitais aumentaram 41% em 2017, num total de 5,5 mil milhões de euros.

Lê Também:   Festival Eurovisão 2018 | Tudo o que precisas de saber

Já os formatos físicos tornaram a cair, representando agora apenas 30% do mercado, num total de 4,2 mil milhões de euros. As vendas digitais também sofreram uma pesada redução: 20,5% em 2017, para 2,3 mil milhões de euros.

Ainda que o streaming tenha ajudado a indústria musical a reerguer-se, os números apresentados estão ainda bastante longe daqueles verificados no final do século passado. Os lucros totais representam apenas 68,7% dos verificados em 1999, quando o mercado alcançou os seus melhores resultados, fruto da venda de formatos físicos.

Consideras que o streaming vai registar números mais significativos ao nível de lucros, ajudando a indústria musical a crescer?



Também do teu Interesse:


About The Author


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *