© Reflector Entertainment

Unknown 9: Awakening é anunciado para a nova geração

O ambicioso e extenso universo da Reflector Entertainment chega finalmente às plataformas de videojogos. “Unknown 9: Awakening” desperta curiosidade.

Foi em 2018 que a equipa de Montreal composta por talentos de “Assassin’s Creed”, “Splinter Cell”, “Prince of Persia” e “Far Cry” anunciou o seu ambicioso projecto: Unknown 9. É um Storyworld moderno que se concentra na humanidade que está à beira da transcendência ou da autodestruição. Estre thriller de conspiração oculta levará as audiências a desenterrar alguns dos maiores mistérios da humanidade.

Alguns dos trabalhos já feitos chegaram a vários meios. “Unknown 9: Genesis” consiste numa trilogia de livros, “Unknown 9: Out of Sight” é uma série de podcasts, “Unknown 9: Torment” é um conjunto de bandas desenhadas e “Unknown 9: Chapters” trata-se de uma aventura imersiva online.

Lê Também:
Os Melhores Jogos de Sempre

No evento de abertura da Gamescom, o estúdio revelou o seu primeiro jogo, que traz acção e aventura em 3ª pessoa.

Em “Unknown 9: Awakening”, a protagonista da história é Haroona, uma jovem que cresceu nas ruas de Calcutá na Índia e é perseguida pelas visões da sua própria morte. Haroona procura compreender os seus poderes sobrenaturais que manipulam o invisível, contando com um mentor para aperfeiçoar os seus dons e ensiná-la a aceder a uma misteriosa dimensão conhecida como The Fold.

O jogo está previsto lançar em 2021. Embora nenhuma plataforma tenha sido mencionada, é esperado pelo menos nas consolas de próxima geração, Xbox Series X e PlayStation 5, e PC.

TRAILER | PERCORRE A SAGA INTEIRA EM “LEGO STAR WARS: THE SKYWALKER SAGA”

Já conhecidas o “Unknown 9”? O jogo captou a tua atenção?

Catarina Ferreira

Sempre tive desejo inato de expressar a minha criatividade, tendo envergado pelas artes nos estudos e nos tempos livres, como pintura, desenho, fotografia ou arte digital. Os videojogos também me acompanharam desde cedo. Halo foi o que me trouxe à Xbox, onde acabei por criar os Xbox PT Dummies. Não sou fã de guerras de consolas e acredito que todos têm o dever de ser felizes onde entenderem. Podem ver as minhas opiniões (não) populares no Twitter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *