© HBO Portugal

Westworld T3, primeiras impressões

A mais recente temporada de “Westworld” estreou na HBO Portugal no passado dia 16 de março e deixamos-te aqui as nossas primeiras impressões sobre um dos regressos mais esperados do ano!

Sem spoilers da nova temporada!

Inspirado no filme homónimo de 1973, “Westworld” mergulhou-nos num mundo futurista repleto de mistério e muitas perguntas. A série criada por Jonathan Nolan (irmão de Christopher Nolan) e Lisa Joy tem J. J. Abrams como um dos produtores executivos, não sendo de admirar a grande qualidade da obra e a sua capacidade de mover milhões de espectadores.

Lê Também:
Westworld estará assim tão longe? | Entrevista a Rodrigo Santoro

Os primeiros vinte episódios de “Westworld” centraram-se no parque temático homónimo, nos seus imensos segredos e no nascimento de uma consciência além da máquina, na capacidade dos androids, com o auxílio da inteligência artificial, se transformarem em “humanos completos”, com desejos e vontades próprias. Contudo, como bem te lembras, Dolores (Evan Rachel Wood), Bernard (Jeffrey Wright), “Charlotte” (Tessa Thompson) e Maeve (Thandie Newton) são algumas das personagens que sabemos terem conseguido escapar, e essa fuga dá origem a uma “nova série”, a novos desafios, novas perspetivas sobre a vida quotidiana de um futuro próximo, novas formas de encarar a tecnologia, assim como os seus benefícios, as suas desvantagens, forças e fraquezas.

westworld
© HBO Portugal

Bem-vindo ao futuro. Um dos grandes sonhos dos hosts era o de descobrir o mundo e não eram os únicos. Enquanto espectador, sentimos-nos presos e encurralados em Westworld. Viajar até ao Japão feudal foi interessante, mas não o suficiente. Tal como os hosts, queremos mais, queremos liberdade, e é isso que “Parce Domine” nos traz. No entanto, o exterior não é belo, nem glamoroso. É escuro, repleto de pessoas que lutam por sobreviver, com os seus próprios demónios para enfrentar e um sub-mundo do crime que certamente terá uma presença forte.

Aqui os protagonistas encontram novos objetivos. Dolores está no caminho da vingança, tendo-se transformado numa mulher completamente mudada, mais perigosa, capaz de manipular e matar até alcançar o que quer. Cruza-se com Caleb (Aaron Paul), uma das novas adições (ao lado de Lena Waithe, Pom Klementieff, Vincent Cassel, e Tommy Flanagan) e personagem que se juntará à cruzada. A preparar-se para travar Dolores está Bernard, que regressa a Westworld uma última vez, procurando Maeve, que se vê dentro de uma Itália dos anos 40, invadida pelas forças nazi e onde encontrará caras conhecidas.

Todas as personagens têm agora de se adaptar à sua nova realidade, a um mundo que desconhecem, oferecendo uma experiência diferente da que estávamos habituados, mas que continua a contar com uma fantástica fotografia, resultado do uso de película, e uma banda sonora sublime como raramente conseguimos. Claro, não faltam também os grandes mistérios e as mentiras que te levam a questionar tudo. Aliás, é esse o nosso conselho, questiona tudo! As aparências enganam…

Este é um regresso em força de uma das séries que mais cria dúvidas em nós, ao mesmo tempo que continua a explorar os limites da tecnologia e de que modo esta pode significar tanto uma ajuda como o nosso fim.

Westworld T3
westworld

Date published: 17 de March de 2020

Director(s): Lisa Joy, Jonathan Nolan

Actor(s): Evan Rachel Wood, Jeffrey Wright, Ed Harris

Genre: Drama, Mistério, Sci-Fi

  • Ângela Costa - 95
95

CONCLUSÃO

As terceiras temporadas são conhecidas por deixarem a desejar, contudo, Westworld reinventa-se para, quem sabe, nos trazer a melhor temporada da série!

O MELHOR: A renovação do pano de fundo da história, trazendo novos peões ao jogo de verdades e mentiras a que estamos habituados. Finalmente saímos de Westworld e temos oportunidade de conhecer o futuro.

O PIOR: Nada a assinalar para já.

Ângela Costa

Mestre em Cinema pela Universidade da Beira-Interior, sou apaixonada pelo cinema japonês e toda a cultura que o envolve. Adoro igualmente fotografia e se tiveres curiosidade passa no meu Instagram ;) Música e videojogos são dois outros grandes interesses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *