La La Flash, a análise do crossover musical

Já como tinha sido anunciado pela CW finalmente já foi exibido o episódio musical que junta The Flash e Supergirl.

SPOILER ALERT!

Cabe à Magazine.HD informar todos os seus leitores que este artigo pode conter informações sobre os mais recentes episódios da terceira temporada de The Flash. Por isso, podem encontrar alguma informação ainda desconhecida.

Lê aqui: TOP Séries Originais Netflix

Desde que começou a terceira temporada que Barry nos tem levado numa verdadeira aventura. No início, e depois de prometer que não o faria, o nosso velocista preferido voltou atrás no tempo para salvar a mãe. No entanto, começa a perder a memória do Barry que era noutra linha do tempo. Para recuperar tudo o que estava a perder Barry tenta inverter esta linha do tempo e acaba por criar o Flashpoint. Bem, como sabem, quando Flash regressa à sua linha temporal as coisas estão um pouco diferentes. O que é normal porque muito tinha sido alterado e a linha do tempo em que vivia já não existe, por isso, bem que te avisaram Barry.

O nosso herói adapta-se a esta linha e acaba por revelar à Team Flash o que tinha acontecido e, mais importante, o que mudou nas suas vidas graças a Barry. O que não foi bom, porque muitas infelicidades aconteceram.

Flash

Calma Barry, porque tudo isto levou ao momento a que queremos chegar.

Barry depara-se agora com um novo inimigo, o grande deus Savitar. Bem, ao menos é assim que ele se chama. Barry e Kid Flash juntam-se para combater esse poderoso inimigo. A eles junta-se também Julian, que libertou o deus da velocidade sem saber. E acreditem, que fez muito mal em nome de Savitar.

Consulta aqui: 54 factos sobre a Disney que talvez desconheças! (Parte 1)

Barry acaba por prender Savitar para todo a enternidade e enviar para a Speed Force a pedra filosofal que permitiria este “so call god” libertar-se. Quando o faz Barry é enviado para para o futuro onde vê Iris a morrer. O seu principal objetivo acaba por ser, salvar Iris e impedir que este futuro se concretize. Mas, para o fazer Flash tem que alterar alguns eventos no presente e um deles revela ser muito drástico.

O nosso herói pede Iris em casamento, algo que no futuro ainda não tinha feito, na esperança que este momento alterasse o futuro. E se alterou…Iris acaba por descobrir tudo e o casamento é cancelado pelos dois.

Flash

Mas a vida amorosa de Flash não é a única que não corre bem. Supergirl vive momentos semelhantes.

Depois de se apaixonar por Mon-El, Kara termina o relacionamento quando descobre que o daxamita lhe tinha mentido. Parece que os nossos heróis não conseguem salvar tudo, as suas relações estão quase condenadas. E dizemos quase porque no último episódio de Flash tudo é resolvido.

Lê ainda: Top 5 Marvel vs DC

Kara é colocada num estado de coma depois de ter sido enfeitiçada pelo Music Meister. Mon-El e J’on rapidamente trazem Kara para a Terra 1 para que a equipa de Barry a possa ajudar. E tudo podia ter sido mais fácil não fosse o nosso mágico colocar Barry no mesmo tipo de coma. Os dois ficam pressos num filme musical. O objetivo é simples, seguir o guião e sair antes que Music Meister lhes roube todo o poder.

Flash e Supergirl juntam forças musicais e eís que surge o La La Flash. Um episódio que explora os dotes vocais de Grant Gustin e Melissa Benoist. Os dois já tinham participado em Glee e agora juntam forças nas séries da DC na CW. Neste episódio musical os dois tem que cantar pela vida, literalmente. E acreditem que é o que fazem, e tudo faz sentido quando a meio das frases dançarinos surgem nos cenários a cantar e a dançar.

Flash

The Flash e Supergirl têm que ajudar um casal, Iris e Mon-El, a assumirem o seu amor perante os seus pais que são rivais. Barry e Kara conseguem seguir o guião mas pecam num assunto. Ao que tudo indica se Barry e Kara morrerem no sonho, eles morrem na vida real. O que está prestes a acontecer mas como em qualquer filme musical o amor vence sempre. E Mon-El e Iris conseguem com a ajuda de Cisco entrar sonho e com a força do amor que têm por Flash e Supergirl trazer os dois heróis ao mundo real.

A verdade é que como qualquer história de amor um beijo resolve tudo. E num musical ainda mais fácil é amar, uma música diz tudo. Bem uma música a acompanhar uma bela coreografia e uma roupa bem ao estilo! Tudo acaba bem quando começa bem e como um filme musical que se preze este episódio termina com uma bela música cantada por Barry quando volta a pedir Iris em casamento.

Como podem ver La La Flash foi uma oportunidade perdida pelos grandes produtores de Hollywood!



Sobre Beatriz Monteiro

Licenciada em Marketing e Publicidade e a terminar o Mestrado em Ciências da Comunicação é apaixonada por comics, séries e cinema.