3 álbuns a ouvir saídos hoje: Didi, Florry e Oneothrix Point Never

Recomendamos-te os álbuns Like Memory Foam, Brown Bunny Love In The Time Of Lexapro EPPara que não te percas na muita música que sai todas as semanas.

1. Didi, Like Memory Foam [Damnably]

A banda de Ohio, Didi, lança, via Damnably, o seu segundo álbum, Like Memory Foam. O primeiro single a sair foi “Haru”. Depois “Muerde”. Exato, em espanhol. E não por acaso. A ideia de um álbum bilingue foi inspirada pelo livro Borderlands/La Frontera, de Gloria Anzaldua (que, por sua vez, inspirou grande parte do álbum).

O livro tem como cenário uma zona do estado do Texas junto à fronteira com o México e está escrito parcialmente em inglês e parcialmente em espanhol. Para além disso, são usados vários dialetos de ambas as línguas, para que não-bilingues sintam a dificuldade da barreira da língua. Como disse o guitarrista Kevin Bilapka-Arbelaez sobre a ligação do livro ao álbum, “Borderlands mostrou-me que certas obras não foram feitas para serem traduzidas, porque não foram feitas para qualquer pessoa. Algumas obras são apenas para serem totalmente compreendidas por aqueles que já têm uma relação íntima com as línguas usadas”.  O álbum conta com dez faixas e pouco mais de trinta minutos.

Álbuns 23/11 | Like Memory Foam

Lê Também:
"Blue" é a cor do começo de Thyla

2. Florry, Brown Bunny [Sister Polygon]

Florry é uma banda recente liderada por Francie Medosch, de Filadélfia. Via Sister Polygon, lançam hoje o seu álbum de estreia Brown Bunny. Medosch desde muito nova que está imersa em música, algo que fez com que, ao longo dos anos, fosse desenvolvendo um vasto conhecimento de géneros e estilos musicais.

Florry inclina-se mais para o rock de garagem, com leves travos de bluegrass. Brown Bunny aborda temas como a melancolia e o isolamento. “Period” introduz o álbum, uma faixa sobre, nas palavras de Medosch, “procurar obter felicidade e feminilidade estando-se deprimida e mentalmente instável.” A fechar a obra, vem “Kanagawa”. Todas as oito faixas são fruto da mente adolescente de Francie Medosch.

Álbuns 23/11 | Brown Bunny

Lê Também:
Fontaines D.C. lançam "The Cuckoo Is A-Callin'"

3. Oneothrix Point Never, Love In The Time Of Lexapro EP [Warp]

O EP de Daniel Lopatin, candidato ao prémio de melhor título do ano (se existisse), é composto por quatro faixas. São elas “Love In The Time Of Lexapro”, “Last Known Image Of A Song”, “Thank God I’m A Country Girl” e “Babylon”.  Das quatro, apenas “Love In The Time Of Lexapro” e “Thank God I’m A Country Girl” são inéditas.   No início deste ano, Lopatin lançou Age Of, álbum muito bem recebido pela crítica e que deverá constar em várias listas de melhores do ano. Depois veio The Station EP. E agora mais um EP disponível a partir de hoje via Warp.

Álbuns 23/11 | Love In The Time Of Lexapro EP

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.