Raiva

Balanço dos vencedores dos prémios Sophia 2019

Foram revelados os vencedores dos Sophia 2019 entregues pela Academia Portuguesa de Cinema e vale a pena fazer uma análise da cerimónia. 

Os prémios Sophia 2019 ocorreram no passado domingo, dia 24 de março, no Casino Estoril e deram a Sérgio Tréfaut e ao seu filme “Raiva” o troféu de Melhor Filme. “Raiva” acabou sendo mesmo o grande vencedor das principais categorias, arrecadando igualmente os troféus de Melhor Atriz, Melhor Ator e Melhor Ator Secundário. O drama foi completamente filmado no Alentejo, onde a acção se desenrola. A sinopse do filme está disponível abaixo,

Década de 1950. A vida no Alentejo é difícil. Os trabalhadores rurais, sob o domínio dos grandes proprietários, trabalham de sol a sol e o que ganham muitas vezes não é suficiente para alimentar as suas famílias. Uma noite, depois de ser vítima de uma grande injustiça, um homem perde a razão e transforma-se num assassino…

Já António-Pedro Vasconcelos foi galardoado com o prémio Sophia de Melhor Realizador pelo filme “Parque Mayer”. O filme sobre as origens e bastidores do respetivo teatro de revista era o mais nomeado aos prémios Sophia, com 15 nomeações, mas acabou por receber apenas três prémios.

Parque Mayer
Parque Mayer

Por incrível que possa parecer esta é já a 7ª edição dos prémios da Academia Portuguesa de Cinema. Mais sólida que nunca, em muitos dos discursos falou-se da necessidade do cinema português receber mais apoios. Os Sophia reconhecem o melhor do panorama cinematográfico, através das suas 23 categorias.

Lê Também:
Especial Festa do Cinema Italiano nos Canais TVCine

Entre os discursos mais marcantes é de nomear o de António-Pedro Vasconcelos, que dedicou a sua vitória como Melhor Realizador a outro cineasta determinante para a história do cinema português: António da Cunha Telles.

Gostaria de dedicar este prémio a um grande senhor sem o qual o Cinema Português nunca tinha existido, e que está por trás de tudo o que se fez em Portugal e de tudo o que não se fez, mas que tentou fazer. Um grande senhor chamado António da Cunha Telles. (..) Vocês podem não acreditar, mas tudo o que se fez em Portugal deve-se a este senhor. E também a muito do que não se fez, pois não o deixaram fazer, como produtor, realizador, homem de ideias, inclusivamente à frente do ICA – foi o melhor diretor do IPC. Há 12 ou 13 anos que não o deixam filmar. Revolta-me. Não posso fazer nada a não ser dar-lhe o meu apoio, mas revolta-me. Tal como me revolta que os mais jovens, os mais talentosos não conseguem filmar.

O cineasta no ano passado teve direito a uma homenagem e perspetiva de carreira pela Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema. António-Pedro Vasconcelos continua a querer filmar, e sobretudo a incentivar outros a fazê-lo.

A lista completa de vencedores dos prémios Sophia 2019 poderá ser conhecida abaixo.

Sophia
Prémios Sophia

Prémios Sophia 2019 | Lista Completa de Vencedores

MELHOR FILME

“Raiva”

MELHOR REALIZADOR

António-Pedro Vasconcelos por “Parque Mayer

MELHOR ATRIZ PRINCIPAL

Isabel Ruth por “Raiva”

MELHOR ATOR PRINCIPAL

Hugo Bentes por “Raiva”

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA

Ana Bustorff por “Ruth”

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO

Adriano Luz por “Raiva”

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL

Jorge Paixão da Costa e Mário Botequilha por “Soldado Milhões”

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO

Sérgio Tréfaut, Fátima Ribeiro por “Raiva”, adaptado do romance “Seara de Vento”, de Manuel da Fonseca

MELHOR DOCUMENTÁRIO EM LONGA-METRAGEM

“O Labirinto da Saudade”, de Miguel Gonçalves Mendes

MELHOR DOCUMENTÁRIO EM CURTA-METRAGEM

“Kids Sapiens Sapiens”, de António Aleixo

MELHOR CURTA-METRAGEM DE FICÇÃO

“Sleepwalk”, de Filipe Melo

MELHOR CURTA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO

“Entre Sombras”, de Mónica Santos e Alice Guimarães

PRÉMIO SOPHIA ESTUDANTE

“Terra Ardida”, de Francisco Romão – ETIC

MELHOR SÉRIE/TELEFILME

“Sara”, de Marco Martins – Ministério dos Filmes

MELHOR DIRECÇÃO DE FOTOGRAFIA

Acácio de Almeida por “Raiva”

MELHOR BANDA-SONORA ORIGINAL

Manuel João Vieira por “Cabaret Maxime”

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

“Cudin” – Composição por Miguel Moreira aka Tibars e Vasco Viana – “Djon África”

MELHOR MONTAGEM

João Braz por “Soldado Milhões”

MELHOR MAQUILHAGEM E CABELOS

Abigail Machado e Mário Leal por “Parque Mayer”

MELHOR GUARDA-ROUPA

Maria Gonzaga por “Parque Mayer”

MELHOR SOM

Pedro Melo, Branko Neskov, Ivan Neskov e Elsa Ferreira por “Soldado Milhões”

MELHOR DIRECÇÃO ARTÍSTICA

Joana Cardoso por “Soldado Milhões”

MELHORES EFEITOS ESPECIAIS/ CARACTERIZAÇÃO

Filipe Pereira e Manuel Jorge por “Soldado Milhões”

 

O que pensas dos vencedores?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *