Bandas Sonoras | O percurso de John Williams

 

O compositor natural de Nova Iorque, conta já com umas incríveis 49 nomeações aos Óscares da Academia.

É, indiscutivelmente, um dos mais conhecidos, premiados e bem sucedidos compositores da história dos Estados Unidos. O nome de John Williams vem-nos à cabeça quando falamos de Jaws (1975) e claro, Star Wars.

Nasceu em fevereiro de 1932, em Long Island, Nova Iorque, e acabou por se mudar para Los Angeles, onde estudou na Universidade da Califórnia (UCLA) com o compositor italiano Mario Castelnuovo-Tedesco. Voltou para Nova Iorque em 1955 e entrou para a Juilliard School, conciliando os estudos com um trabalho como pianista de jazz em inúmeros clubes de Nova Iorque e alguns estúdios, para o compositor Henry Mancini.

UM VIOLINO NO TELHADO

Fiddler on the Roof

  • Título Original: Fiddler on the Roof
  • Realização: Norman Jewison
  • Ano: 1971

“Little Johnny Love” como era conhecido, começou a ter alguma notoriedade devido à sua versatilidade em composições de jazz.

A sua primeira nomeação aos Óscares foi com O Vale das Bonecas (Mark Robson, 1967), mas foi pela banda sonora de Um Violino no Telhado que Williams ganhou o seu primeiro Óscar, em 1972. O seu trabalho ficou marcado pela utilização de uma orquestra e grupo coral, que eram grandiosos ao lado da população da pequena aldeia de Anatevka.

 

O TUBARÃO

jaws

  • Título Original: Jaws
  • Realização: Steven Spiealberg
  • Ano: 1975

Em 1974 fez a sua primeira colaboração na estreia de Steven Spielberg como realizador, Asfalto Quente, seguindo-se o sucesso mundial de O Tubarãoque acabaria por revolucionar a associação daquelas duas notas musicais, tornando-se um sinónimo de perigo.

O compositor ganhou o seu segundo Óscar, o primeiro para Composição Original.

 

STAR WARS

star wars

Consulta também: Banda Sonora de Star Wars: O Despertar da Força brevemente disponível 

  • Título Original: Star Wars
  • Realização: George Lucas
  • Ano: 1977

Spielberg prontamente recomendou Williams a um amigo – George Lucas.

Lê Também:
Disney+ Portugal | Um dezembro de festividades

John Williams re-popularizou o som do cinema traçado por Erich Wolfgang Korngold, Franz Waxman e outros compositores da “Era de Ouro” de Hollywood.

Star Wars: Episódio IV – Uma Nova Esperança tornou-se a banda sonora mais vendida de todos os tempos. Na altura, viria mesmo a revolucionar o campo da música contemporânea cinematográfica. E a verdade é que, quase 40 anos mais tarde, o tema continua presente, de tão icónico que se tornou.

O compositor acabaria por ganhar o Óscar em 1978, e sendo nomeado mais tarde para as suas composições em O Império Contra-Ataca (Irvin Kershner, 1980) e O Regresso de Jedi (Richard Marquand, 1983).

Williams fez as bandas sonoras de todos os filmes:

  • A Ameaça Fantasma (George Lucas, 1999)
  • O Ataque dos Clones (George Lucas, 2002)
  • A Vingança dos Sith (George Lucas, 2005)
  • O Despertar da Força (J.J. Abrams, 2015)

Consulta também: Jurassic World e Star Wars disputam o Óscar de Melhores Efeitos Especiais

  • Título Original: Star Wars: The Force Awakens
  • Realização: J. J. Abrams
  • Ano: 2015

 

INDIANA JONES

indiana jones

  • Título Original: Raiders of the Lost Ark
  • Realização: Steven Spielberg
  • Ano: 1981

O compositor continuou a sua cruzada com Spielberg, desta vez nos filmes de Indiana Jones:

  • O Salteadores da Arca Perdida (1981) – nomeado aos Óscares
  • Indiana Jones e o Templo Perdido (1984) – nomeado aos Óscares
  • Indiana Jones e a Grande Cruzada (1989) – nomeado aos Óscares
  • Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal (2008)

O compositor criou uma banda sonora majestosa e cheia de aventura em cada um dos filmes, dando às cenas de acção tons excitantes, contrastadas com temas e ritmos mais melódicos.

Lê ainda: Steven Spielberg tenciona realizar Indiana Jones

 

JURASSIC PARK

jurassic park

  • Título Original: Jurassic Park
  • Realização: Steven Spielberg
  • Ano: 1993

A banda sonora de Jurassic Park é similar às composições dos outros filmes feitos com Spielberg – Williams mantém-se firme na tradição de uma composição orquestrada. A banda sonora é composta por temas calmos e subtis.

Lê Também:
Star Wars: Ahsoka encontra a sua Sabine Wren

Lê ainda: 10 Coisas que (possivelmente) Não Sabias sobre Mundo Jurássico

 

A LISTA DE SCHINDLER

schindlers list

  • Título Original: Schindler’s List
  • Realização: Steven Spielberg
  • Ano: 1993

Não podíamos falar de John Williams sem falar de A Lista de Schindler. É provavelmente uma das suas bandas sonoras mais comoventes. O seu trabalho aqui é diferente de todos os outros, embora continue a complementar toda a ação e emoção do filme.

O tema “Theme from Schindler’s List” foi escrito especificamente para o violinista Itzhak Perlman, acompanhado pela orquestra – é um poema assombrado pela emoção da história, procurando incorporar algumas expressões rítmicas e harmónicas da música judaica da Europa do Leste.

Williams ganhou o Óscar de Melhor Composição Original, em 1994.

 

HARRY POTTER

harry potter

  • Título Original: Harry Potter and the Sorcerer’s Stone
  • Realização: Chris Columbus
  • Ano: 2001

A banda sonora dos três primeiros filmes de Harry Potter ficaram a cargo do compositor:

  • Harry Potter e a Pedra Filosofal (Chris Columbus, 2001) – nomeado aos Óscares
  • Harry Potter e a Câmara dos Segredos (Chris Columbus, 2002)
  • Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (Alfonso Cuáron, 2004) – nomeado aos Óscares

As músicas captam o misticismo à volta da infância, da magia e da aventura dos próprios filmes e dos livros.

O compositor utilizou o leitmotiv, técnica que consiste no uso de temas específicos para certas personagens, objetos e lugares. O único tema a aparecer em todos os filmes de Harry Potter é o “Hedwig’s Theme”, composto por Williams antes do lançamento do primeiro filme, que acabaria por ser usado logo no trailer.

Embora não seja um dos seus trabalhos mais inspiradores, é perfeitamente apropriado e inclui alguns momentos bastante bons.

 

Os próximos trabalhos do compositor estão para breve – Indiana Jones 5 e The BFG, os dois com a realização de Spielberg, ainda sem data de estreia prevista para Portugal.

Andreia Lola Lourenço

Produtora . Licenciada em Cinema e Televisão . Full-time dreamer . Movida por filmes, séries, livros e todas as áreas criativas em geral

Andreia Lola Lourenço has 44 posts and counting. See all posts by Andreia Lola Lourenço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *