Black Panther | © Marvel Studios

Black Panther entre os nomeados aos USC Scripter Awards 2019

Foram conhecidos os nomeados ao USC Scripter Awards 2019 que são uma previsão para o Óscar de Melhor Argumento Adaptado.

Os USC Scripter Awards revelaram os nomeados para 31ª edição do USC Libraries Scripter Awards que honra as melhores adaptações cinematográficas e televisivas de 2018, bem como os trabalhos nas quais são baseadas. Os prémios são entregues por um grupo que inclui académicos, profissionais da indústria e críticos e são uma previsão certeira para a corrida ao Óscar de Melhor Argumento Adaptado.

No ano passado, James Ivory argumentista de “Chama-me Pelo Teu Nome” e o autor do livro André Aciman foram galardoados com o prémio. James Ivory acabou mesmo por triunfar na categoria de Argumento Adaptado nos Óscares da Academia.

Este ano, “Black Panther” está surpreendentemente na corrida. O seu argumento foi escrito por Ryan Coogler e Joe Robert Cole, baseando-se nas personagens criadas por Stan Lee e Jack Kirby, ambos já falecidos. Também “Leave no Trace” conseguiu entrar na corrida, por muito que não fosse elegível para a nomeação aos Writers Guild Awards 2019.

“Leave no Trace” na corrida aos USC Scripter Awards 2019

Leave_No_Trace_

A maior ausência é a de “BlacKkKlansman” que foi nomeado ao WGA, mas deixado de fora da corrida aos USC Scripter Awards. “Se Esta Rua Falasse” é atualmente o favorito, depois de ter vencido a categoria de Melhor Argumento Adaptado nos Critics’ Choice Awards.

“Assim Nasce Uma Estrela”, de Bradley Cooper não foi nomeado aos USC Scripter Awards porque não era elegível, uma vez que não era baseado numa publicação, mas sim num argumento.

USC Scripter Awards 2019 | Lista Completa de Nomeados

Os nomes vencedores dos USC Scripter Awards serão conhecidos a 9 de fevereiro. A cerimónia decorre na histórica Biblioteca Edward L. Doheny Jr. no Parque Universitário da University of Southern California. Os prémios são entregues desde 1988 e a categoria de televisão é entregue desde 2016.

Categoria de Cinema

  • “Black Panther”, Ryan Coogler e Joe Robert Cole, baseado nas personagens de Stan Lee e Jack Kirby
  • “Can You Ever Forgive Me?”,Nicole Holofcener e Jeff Whitty, baseado no romance de Lee Israel
  • “A Morte de Estaline”, Armando Iannucci, Ian Martin e David Schneider, baseado na novela gráfica de Fabien Nury e Thierry Robin
  • Se Esta Rua Falasse, Barry Jenkins, autoria de James Baldwin
  • “Leave No Trace” – Debra Granik e Anne Rosellini, basedo no livro “My Abandonment”, de Peter Rock

Categoria de Televisão

  • “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”, Tom Rob Smith pelo episódio “The Man Who Would Be Vogue”, autoria de Maureen Orth pelo livro de não ficção “Vulgar Favors: Andrew Cunanan, Gianni Versace, and the Largest Failed Manhunt in U.S. History”
  • “The Handmaid’s Tale”, Bruce Miller e Kira Snyder pelo episódio “Holly”, autoria de Margaret Atwood
  • “The Looming Tower”, Dan Futterman e Ali Selim pelo episódio “9/11,” autoria de Lawrence Wright
  • “Patrick Melrose”, David Nicholls pelo episódio “Bad News,” baseado na obra de Edward St. Aubyn
  • “Sharp Objects”, Marti Noxon pelo episódio “Vanish,” autoria de Gillian Flynn
  • “A Very English Scandal”, Russell T. Davies, autoria de John Preston

Os vencedores serão anunciados em 9 de fevereiro.

O que pensas das nomeações?

Virgílio Jesus

Era uma vez em...Portugal um amante de filmes de Hollywood (e sobre Hollywood). Jornalista e editor de conteúdos digitais em diferentes meios nacionais e internacionais, é um dos especialistas na temporada de prémios da MHD, adepto de todas as formas e loucuras fílmicas, e que está sempre pronto para dois (ou muitos mais!) dedos de conversa com várias personalidades do mundo do entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *