©Aaron Poole A.M.P.A.S.

Filha de Angelina Jolie e Brad Pitt já escolheu com qual pretende morar

O casal mais famoso de Hollywood, Angelina Jolie e Brad Pitt, está desde 2016 a acertar detalhes de um dos divórcios mais mediáticos das celebridades.

Angelina Jolie e Brad Pitt conheceram-se em 2004 enquanto gravavam “Sr. e Sra. Smith”, Pitt era na altura casado com Jennifer Aniston, uma das estrelas da série de “Friends“, mais tarde divorciou-se para poder casar com Jolie. O casal foi vigiado de muito perto desde o inicio da sua relação e não se esperava outra coisa quando apresentaram publicamente o tema “divórcio” entre eles. Ao longo desta relação, o casal adotou Maddox de 22 anos, Pax com 20 anos e Zahara de 19 anos. Tiveram também filhos biológicos, Shiloh de 17 e os gémeos Vivienne e Knox de 15 anos.

Lê Também:   Angelina Jolie explica afastamento do cinema

O divórcio tem tido alguns percalços desde o inicio, primeiro com as guardas dos filhos e subsequentemente com todos os bens do casal. Em 2021, foi decisão do juiz que os filhos ficassem com a mãe enquanto não atingiam a maioridade. Atualmente, apenas 3 deles vivem com a atriz. Dois anos depois, o juiz foi afastado do caso depois de ser acusado de parcialidade e corrupção. Foi então que a filha, Shiloh, decidiu ir morar com o pai.

Angelina Jolie filhos
©DFree via ShutterStock (ID: 1525909580)



Foi na revista norte americana In Touch, devido a uma fonte privada, que a decisão foi revelada ao público. O casal vive perto um do outro, são praticamente vizinhos em Los Feliz, na Califórnia e a fonte afirma que “Shiloh pode ir dar um pulo a casa da mãe e ver os irmãos quando quiser”. Ainda de acordo com a fonte, Shiloh e a mãe têm um relacionamento saudável, mas a filha quer mudar de ares: “Obviamente a Angelina não ficou feliz, mas ela sabe que Shiloh é uma mulher e sabe tomar as suas próprias decisões”. Por outro lado, o ator ficou encantado com a ida da filha para sua casa, é a primeira e única a morar com o pai desde o inicio do processo de divórcio.

Lê Também:   Donald Glover, de Atlanta, estreia nova série inspirada em filme com Angelina Jolie e Brad Pitt

A decisão de Shiloh surgiu num momento complicado do divórcio para Jolie, a atriz tinha acabado de “ganhar” a batalha da Vinícola de França, o Chateau Miraval. Uma Vinícola que abriga uma mansão de 35 quartos comprada pelo casal em 2008, onde realizaram o próprio casamento e detém um negócio de vinho extremamente lucrativo. A atriz vendeu a parte do ator sem o consultar, Pitt trouxe o caso para o tribunal e alegou que Jolie não o poderia ter feito sem o consultar. A justiça decidiu dar razão à atriz por “falta de evidências”.

Shiloh Jolie-Pitt
©Kathy Hutchins via ShutterStock (ID: 237980932)

O advogado da atriz, Paul Murphy, enviou um comunicado ao Entertainment Tonight onde afirma que o juiz rejeitou as alegações do ator porque não têm base legal. “O processo de Sr. Pitt nunca foi sobre uma disputa comercial; em vez disso é sobre as suas tentativas de encobrir abusos graves, e estamos satisfeitos que o Sr. juiz tenha rejeitado maior parte das alegações (…) Angelina não nutre más intenções contra o Sr. Pitt, agora espera que ele a liberte deste processo (…) e se junte a ela para ajudar a família a ultrapassar tudo isto em privado”.

TRAILER| ANGELINA JOLIE E BRAD PITT: PRIMEIRO FILME JUNTOS

Qual a tua opinião acerca do divórcio do ator Brad Pitt e da atriz Angelina Jolie?



Também do teu Interesse:


About The Author


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *