CCPT 2017 | Daniela Ruah traz saudade e conselhos para jovens atores

O sucesso nos EUA e regresso a Portugal de Daniela Ruah foram foco de atenção no quarto e último dia da Comic Con Portugal 2017.

Aquela palavra que só existe na língua portuguesa é exatamente o que a atriz trouxe consigo para esta edição da Comic Con Portugal: saudade. Daniela Ruah não esquece o seu início promissor nas produções portuguesas da TVI, das quais refere que tem “muitas saudades”, mas a mudança para os Estados Unidos da América e obtenção de um dos papéis principais na série “NCIS: Los Angeles” lançou a sua carreira para um novo nível internacional.

A sua entrada na sala de imprensa da Comic Con Portugal marcou a diferença nos jornalistas, já tão habituados às conversas em inglês com as estrelas internacionais e agora finalmente a terem oportunidade de conversar na sua língua nativa.

Daniela Ruah Comic Con Portugal

“NCIS: LA” foi primeiro foco das questões. A série da FOX começou como um spin-off mas, para Daniela Ruah, a fórmula da série original foi transformada para esta nova produção, “mais cool”, e direcionada para um “público mais jovem”, o que a tornou única. Poderá a série alguma vez vir a ser filmada em Portugal? É pouco provável, brinca a própria, dado o baixo número de atividade terrorista por cá.

A personagem que interpreta, Kensi, é uma agente dura mas tem também características da atriz, sendo a maior delas a “palhaçada”. “Torna-a mais humana, não precisava de mostrar a força da personagem ao ser sempre tensa”, revela a atriz, acrescentando que este lado mais brincalhão de Kensi foi também puxado pela entrada do agente Marty Deeks (Eric Christian Olsen).

1 de 3

Ana Rodrigues

Seriófila, e amante das artes cinematográficas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *