Leonardo DiCaprio e Christopher Nolan, "Inception" | © NOS Audiovisuais

Christopher Nolan diz adeus à Warner Bros.

Com uma parceria de anos bem estabelecida, Christopher Nolan rompeu com os estúdios da Warner Bros. O novo aliado? A Universal Pictures.

Com a pandemia a afectar a exibição de filmes nas grandes salas de cinema, várias foram as estratégias estabelecidas, e muitas recorrendo aos serviços de streaming como plano B e de solução final. No entanto, como também muito se leu, a maioria dos cineastas não gostou destas opções, e nem mesmo alguns actores, sendo várias as afirmações de “revolta” para com os estúdios por fazerem algo que não estava estipulado nos contratos originais.

Um dos casos mais sonantes de 2020 foi o de Christopher Nolan e o seu antecipado projecto, “Tenet“. O aclamado realizador, ao contrário de outros, fez força contra a Warner Bros. e apesar de adiar o filme por alguns meses não cedeu e fez questão que este estreasse apenas em ecrã gigante, em agosto de 2020 (quando se deu uma reabertura gradual em vários mercados do mundo).

Lê Também:
Top MHD | Os filmes de Christopher Nolan

Mas, talvez pela estratégia que a Warner Bros. adoptou desde então, com vários filmes a irem simultaneamente para o serviço de streaming da HBO Max, é agora confirmado que Christopher Nolan cortou relações com o estúdio que o acompanhava há já 19 anos! Segundo o Deadline, o seu próximo filme, um drama biográfico sobre J. Robert Oppenheimer e o seu papel no desenvolvimento da bomba atómica, encontrou a sua casa na Universal Pictures.

Esta será assim a primeira longa-metragem do realizador fora da Warner Bros., desde que lançou “Insomnia” em 2002, até ao mais recente, “Tenet”, de 2020. Durante estes anos, foi na WB Pictures que Nolan lançou alguns dos seus maiores sucessos como a trilogia de filmes de Batman – com “The Dark Knight” e “The Dark Knight Rises” a render mais de 1 bilião de dólares cada – ou “Inception”, com Leonardo DiCaprio.

TRAILER | CHRISTOPHER NOLAN LANÇOU TENET COM A WB

Parece-te que a medida foi influenciada pela estratégia recente de lançamento de filmes da Warner Bros.?

Marta Kong Nunes

Arquitecta (com um c!) de formação. Coordenadora de profissão. Fanática de cinema e séries por pura paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *