Costume Designers Guild | Filmes de Época

<< Introdução | Filmes de Fantasia >>

Costume Designers Guild, o sindicato dos figurinistas, divulgou os seus favoritos guarda-roupas de época do cinema de 2015 e Carol, um dos grandes favoritos da Awards Seaosn, marcou presença.

 

Os nomeados do Costume Designers Guild para Excelência em Figurinos de um Filme de Época são:

 

Costume Designers Guild Brooklyn
Brooklyn

 

Brooklyn e Carol são dois romances situados em Nova Iorque nos anos de 1951 e 52, mas ambos demonstram abordagens bastante distintas, se igualmente louváveis no que diz respeito ao seu guarda-roupa. Dicks-Mireaux cria um espetacular contraste entre a Irlanda do pós-guerra, ainda presa à miséria e sobriedade do período de racionamento que marcou a 2ª Guerra Mundial, com a vitalidade de Nova Iorque, onde a figurinista emprega os mais charmosos clichés da época em coloridos conjuntos vestidos por Saoirse Ronan.

 

Costume Designers Guild
Carol

 

Sandy Powell, uma mestra consumada da arte dos figurinos cinematográficos, usa uma abordagem bastante diferente em Carol, onde os clichés dos anos 50 são evitados em prol de uma maior subtileza e elegância, e o luxo dos materiais confere uma sublime natureza tátil às imagens do filme e suas amantes.

Lê Também: Golden Globes 2016 | Lista Completa de Nomeados

 

Costume Designers Guild
Trumbo

 

Trumbo também retrata, em parte, a década de 50, mas de um ponto de vista muito mais clássico e menos ousado. Orlandi recria as modas de Hollywood durante o tempo da blacklist, com particular destaque para a exuberante figura de Hedda Hopper interpretada por Helen Mirren que usa uma espetacular coleção de ridiculamente exuberantes chapéus ao longo do filme.

 

Costume Designers Guild
A Rapariga Dinamarquesa

 

De modo semelhante e classicista é a abordagem de A Rapariga Dinamarquesa, onde a riqueza cromática e a elegância de Lili Elbe são as maiores razões para o filme se encontrar em tal listagem.

 

Crimson Peak Costume Designers Guild
Crimson Peak – A Colina Vermelha

 

Por último temos Crimson Peak, o romance gótico onde Guillermo del Toro homenageia de modo deliciosamente ensandecido os clássicos do cinema de terror. As criações de Kate Hawley seguem as intenções dramáticas do realizador, criando um esplendoroso guarda-roupa cheio de declarativo simbolismo e uma riqueza assombrosa. Poucas atrizes envergaram guarda-roupas tão opulentes e detalhados em 2015 como Jessica Chastain e Mia Wasikowska.

 

Consulta o nosso Calendário da Awards Season 2015/2016 para saberes mais sobre os vários prémios de cinema desta temporada cheia de galardões e honras cinematográficas.

 

<< Introdução | Filmes de Fantasia >>

 

Cláudio Alves

Licenciado em Teatro, ramo Design de Cena, pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Ocasional figurinista, apaixonado por escrita e desenho. Um cinéfilo devoto que participou no Young Critics Workshop do Festival de Cinema de Gante em 2016. Já teve textos publicados também no blogue da FILMIN e na publicação belga Photogénie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *