Crédito editorial: sdecoret / Shutterstock.com (ID: 566877226)

Operadora low cost ainda não chegou a Portugal mas já recebe elogios da Anacom

A Digi está a poucas semanas de chegar finalmente a Portugal e foi tema de debate no congresso da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações.

Sumário

  • A Digi chega a Portugal nos próximos meses e tem causado um enorme buzz entre os mais atentos ao mercado das telecomunicações;
  • A presidente da Anacom voltou a elogiar a operadora, não tendo dúvidas de que as ofertas da Digi vão obrigar os restantes a “reagir”;
  • O CEO da NOS discorda desta visão e atira: ” A entrada de um novo operador não é benéfico para o país”.
Lê Também:   Esta tão aguardada escova elétrica com Inteligência Artificial chegou finalmente a Portugal

A presidente da Anacom, Sandra Maximiano, voltou a pronunciar-se sobre a chegada da operadora Digi a Portugal. “Em breve um novo operador entrará no mercado, o que levará, esperemos, a uma reação criativa e saudavelmente competitiva dos operadores”, começou por dizer no congresso da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações, citada pelo Jornal de Negócios.

“Sei que haverá receios da parte dos operadores, mas ao contrário dos media, a procura por conectividade tem expansão”, acrescentou. Ainda assim, a executiva não tem dúvidas de que as oportunidades que surgem com a chegada da Digi “sejam maiores do que os riscos”.




A posição da NOS e MEO

Operadora internet ligat digi
Crédito editorial: Ar_TH / Shutterstock.com (ID: 2368458953)

Quem não partilha da mesma visão são os responsáveis máximos do MEO, NOS e Vodafone. “É evidente que não pode haver mais de três operadores, não vale a pena irmos pelos populismos dos preços”, alertou Miguel Almeida, CEO da NOS.

Lê Também:   Este lendário filme com Tom Cruise e Kelly McGillis acaba de chegar à Netflix

Além disso, defende que “o único caminho para o setor passa pela consolidação” e não por mais concorrência. Tem a certeza que a “entrada de um novo operador não é benéfico para o país”. Ana Figueiredo, CEO da Altice Portugal, discordou das palavras da presidente da Anacom e garante que a empresa tem sido “criativa”.

Já tinhas ouvido falar da Digi?



Também do teu Interesse:


About The Author


13 thoughts on “Operadora low cost ainda não chegou a Portugal mas já recebe elogios da Anacom

  • Não percebo porque tem de haver só 3 quantas mais melhor tem que haver escolhas.

  • Venha rápido para baixar preços,pois tubarões estamos fartos, só l*drões

  • O CEO da NOS discorda desta visão e atira: ” A entrada de um novo operador não é benéfico para o país”. Por acaso nao e benefica porque muitos clientes vou mudar para Digi 🙂 🙂

  • Acho muito bom! É necessário mais concorrência a preços competitivos visto que as operadoras existentes estão a explorar demais os clientes e a abusar dos contratos vde fidelização. Se for possível vou mudar de operadora.

  • É claro que esses senhores TUBARÕES da MEO NÓS e VODAFONE nunca irão gostar de mais uma ou outra operadora a fazer-lhes frente, claro estão a MAMAR bem á custa das operadoras e dos clientes principalmente porque não havia mais concorrência mas finalmente está mesmo a chegar uma operadora a fazer-lhes frente e vão deixar de mamar. Que vão trabalhar. Por isso é que fiquei farto destes carrapatos chulos. Viva a DIGI

  • Venham se trouxeram qualidade a preços baixos são bem-vindos

  • Como sempre estes três operadores querem manter o monopólio. Bem haja este novo operador, e que não demore muito.

  • As três operadores mais credenciadas têm a mania de quererm mandar no mercado.
    Que a Digi venha o mais depressa possível, para estes operadores baixar os preços.
    Bem haja a concorrência

  • Têm medo pq vão perder clientes.

  • Se fizerem o bom trabalho que estão a fazer em Espanha,pois só é pena não estarem já cá.

  • Ja era para ontem ,venham rápido ,para acabar com a exploração das outras operadoras .

  • O mercado deveria ser regulado consoante o poder de compra.
    Não faz sentido em França haver tarifários com 100Gb/130Gb dados nacionais/roaming iguais a partir de 23€ os quais ainda incluem a Suiça.
    Claro que a carga fiscal e estarmos na cauda da Europa influencia também esses valores. Mas os valores eram regulados entre as 3 grandes e agora esperemos finalmente que os serviços se adequem a realidade nacional.
    Provavelmente com a descida de tarifários haverá um acréscimo nos serviços de NET casa e canais TV.
    Haverá reestruturações por parte das operadoras para fazer face a quebra de lucros resultante de ajustarem os preços, os postos de trabalho irão sofrer infelizmente.

  • Vejo com bons olhos o aparecimento duma operadora inovadora, que crie melhores condições sem fidelização. Estamos fartos dos abusos das operadoras. Têm políticas sanguessugas, promovendo a fidelização e depois marimbam-se para a qualidade dos serviços contratados, vergonhoso. Contratei uma internet cara, tenho uma velocidade fraca, agora dizem que tenho que comprar uns acessórios e isso implica nova fidelização, vergonhoso!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *