Technoboss | © Doclisboa

Doclisboa 2019 | Filmes de abertura e encerramento já escolhidos

A 17ª edição do Doclisboa acontece de 17 a 27 de outubro e já foram decididos quais os filmes para as sessões de abertura e de encerramento. 

O Doclisboa já anunciou quais os dois filmes a serem exibidos nas sessões de abertura e de encerramento do festival, cuja 17ª edição acontece de 17 a 27 de outubro na capital portuguesa. Para a sessão de abertura, a organização do festival escolheu o novo filme de Eloy Enciso, “Longa Noite” e, para a sessão de encerramento, a escolha recaiu sobre “Technoboss”, de João Nicolau. Este último chegará às salas de cinema nacionais a 7 de novembro e tem no Doclisboa a sua antestreia.

Após a sua participação na Competição Internacional da edição de 2012 do Doclisboa, com o filme “Arraianos”, tal como uma participação enquanto elemento do júri do festival, em 2015 e 2017, Eloy Enciso regressa ao Doclisboa com “Longa Noite”. O filme estreou na Competição Internacional do Festival de Locarno, e marcou presença no Festival Internacional de Cinema de Toronto (TIFF).  Em breve estará igualmente presente no New York Film Festival deste ano.

Longa-Noite
Longa Noite | © Doclisboa

“Longa Noite”, apresenta-nos o regresso de Anxo (interpretado pelo artista Misha Bies Golas) à sua vila natal, no meio rural galego. Vozes e memórias ecoam e acompanham os passos tomados por Anxo, num caminho marcado pelo peso da escuridão da noite (e, talvez, da história), pautado por pensamentos, encontros e conversas casuais.

Um filme inspirado em cartas, peças e memórias do regime franquista, leva-nos a uma reflexão essencial sobre a sociedade espanhola pós-Guerra Civil e, acima de tudo, sobre a sociedade contemporânea: uma viagem de exploração dos alicerces sociais e políticos do fascismo.

Lê Também:
MOTELx ’19 | Vencedores e balanço final

“Technoboss”, de João Nicolau também estreou na Competição Internacional de Locarno e antes da estreia nas salas nacionais chega ao Doclisboa. A comédia apresenta-nos Luís Rovisco (Miguel Lobo Antunes), sexagenário divorciado, que, perto da reforma enquanto diretor comercial da empresa SegurVale – Sistemas Integrados de Controlo de Circulação, é levado até ao Hotel Almadrava, onde se reencontra com uma antiga paixão: Lucinda (Luísa Cruz).

O filme mistura elementos do road-movie e do género musical, além de que a linha que separa a ficção da realidade é bastante ténue.

A Magazine.HD estará no Doclisboa, por isso não percas todas as novidades de mais um dos festivais portugueses para a rentrée cinematográfica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *