Dogleg (foto de Kris Hermann)

Dogleg destroem tudo em “Kawasaki Backflip”

Dogleg anunciam o seu álbum de estreia, Melee, e partilham “Kawasaki Backflip”, onde num cenário anárquico, a banda revela o seu espírito impetuoso.
 
Os emo-punks de Michigan, Dogleg, já tinham despertado a nossa atenção o ano passado com o seu primeiro single “Fox”, que veio acompanhado de um vídeo, que nos deu uma ideia do quão vibrantes os concertos da banda podem ser. Agora, os Dogleg partilharam “Kawasaki Backflip” e anunciaram o seu álbum de estreia, Melee, que será lançado dia 13 de março via Triple Crown.

Chase Macinski, o baixista da banda, é particularmente adepto de videojogos, chegando mesmo a desafiar os fãs nos seus concertos para uma rodada, com a promessa de oferecer merchandising grátis da banda, caso o consigam derrotar. Assim, muitas das canções dos Dogleg recebem o nome de alguns dos seus videojogos preferidos. O single de 2019 “Fox” é inspirado no Star Fox da Nintendo, o próximo disco, Melee, tira o nome de um videojogo no qual toda a banda é viciada, Super Smash Bros. Melee.

Lê Também:
Mês em Música | Playlist de Novembro 2019

Quando em Novembro incluímos “Fox” na Playlist do Mês, já nos tínhamos apercebido que a habilidade de combinar refrães e malhas de guitarra contagiantes e dançantes com mensagens emocionais intensas que tratam de temas de frustração, perda e dúvida pessoal é uma das marcas da banda. “Kawasaki Backflip” vem de encontro às expectativas e prova que há muito mais de onde veio o poderoso espírito de “Fox”.

Capa de “Kawasaki Backflip”

De acordo com um comunicado, “Kawasaki Backflip” é sobre “duas opções de como lidar com a ansiedade e a depressão – queimando tudo com fogo ou deixando-se levar pelo vento”.
Ao ouvirmos o grito de Alex Stoitsiadis “Tear down the walls, we don’t need them now/Lay on the carpet, just burn it out”, torna-se óbvio que a banda escolhe a primeira opção. “We can destroy this together”, acrescenta ainda o vocalista. Já a restante banda, imersa nesta luta interna, parece obedecer-lhe, começando por destruir utensílios, chega mesmo a desfazer os próprios instrumentos, criando uma atmosfera que não deixa de invocar alguns videoclipes clássicos de rock.

Lê Também:
Vundabar enchem-se de ânsia em "Petty Crime"

Este ano os Dogleg vão marcar presença no SXSW e estarão também em digressão com os Microwave em Março e Abril.

DOGLEG | “KAWASAKI BACKFLIP”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *