Figura de Estilo | Serena

 

Não chega ser (mais) uma epopeia de Jennifer Lawrence e Bradley Cooper para ser um bom filme. Mas talvez chegue ter um bom guarda-roupa – mais que não seja para lavar a vista.

E isso SERENA faz na perfeição. Ajuda ter como matéria-prima a Depressão, ajuda ter uma personagem principal que saiba manter o glamour enquanto caça cascavéis ou salva homens da morte certa ou gere impérios ou se apaixona perdidamente.

Signe Sejlund, a mulher destacada para tudo o que às vestimentas concerne, aponta como maior desafio encontrar um equilíbrio entre a beleza idílica e a fragilidade indulgente. Conseguiu-o com um casamento fiel aos tons terra, de onde apenas se emancipam laivos de rosa e azul, sempre na palidez de uma fotografia árida. Entre as sedas, os pelos e as fazendas, a contemporaneidade choca com o rigor histórico em coordenados que confundem eras e trazem para a contemporaneidade uma fita que se queria de época. Ainda assim, e porque a estética pode ser a única luz extraída de SERENA, podemos encarar o armário de Lawrence como uma montra das compras a fazer este outono: sobretudos neutros, blusas com laçada, botas em pele e aquele batom vermelho que (ao contrário do filme) não borra nem desfaz.

Lê Também:
Mandy Moore junta-se a novo projeto televisivo

 

SERENA | FIGURA DE ESTILO

 

0 thoughts on “Figura de Estilo | Serena

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.