Guerra dos Mundos | © FOX Networks Group

Guerra dos Mundos | Divulgadas primeiras imagens da série FOX

“Guerra dos Mundos” é a nova série da FOX e do Canal+. Baseada na história de H. G. Wells, estreia no final de 2019. Vê aqui as primeiras imagens.

Inspirada na história intemporal de H.G. Wells, que já deu origem origem a múltiplas versões no pequeno e grande ecrã, incluindo “Guerra dos Mundos” com Tom Cruise e Dakota Fanning, “Guerra dos Mundos” irá estrear no final de 2019. A nova adaptação ao pequeno ecrã irá ter a Europa actual como pano de fundo da acção, mas manterá a premissa da história. Quando os astrónomos detectam uma transmissão proveniente de outra galáxia, consideram a mesma como uma prova da existência de vida extraterrestre com um elevado nível de inteligência. A população mundial começa a aguardar com mais suspense possíveis transmissões mas rapidamente tudo muda. Dias depois, a humanidade encontra-se à beira da extinção e apenas alguns sobrevivem num mundo quase deserto.

A série irá focar-se num grupo de pessoas comuns, que se encontram na mesma situação – vítimas numa guerra da qual nem a origem sabem. Com a grande questão a pairar no ar, sobre quem serão estes atacantes e porquê a destruição massiva da humanidade, “Guerra dos Mundos” promete ser uma junção única entre drama humano e ficção científica.

Lê Também:
Canais da FOX | Os destaques de Julho e Agosto

A série será realizada por Gilles Coulier (“The Natives”) e Richard Clark (“Innocent” e “Versailles”) e terá oito episódios. O elenco será liderado por Gabriel Bryne (“Hereditário” e “Vikings”), ao lado de Elizabeth McGovern (“Downton Abbey“), Lé Drucker, Natasha Little (“Testemunha Silenciosa”), Daisy Edgar Jones, Stéphane Caillard, Adel Bencherif e Guillaume Gouix. Ty Tennant (“Tolkien“), Stephen Campbell Moore, Bayo Gbadamosi (“Doctor Who”), Aaron Heffernan (“Han Solo: Uma História de Star Wars“), Emile de Preissac e Alyson Paradis (“Inside”) também irão participar na narrativa ao longo da primeira temporada.

Sobre a série, Gabriel Byrne refere a importância da história de Wells para a sociedade actual.

“Vivemos na era da ansiedade em que os medos possíveis de identificar têm um caráter endémico para a cultura. H.G. Wells entendia o medo subliminar e inconsciente. Na literatura, os romances distópicos e a ficção científica têm-se tornado num lugar seguro para lidarmos com o terror coletivo. O que Wells também entendeu é que a maior ameaça não é a que vem de fora, mas sim a que vem de dentro de nós, e é possível ver isso neste novo relato da história, um alerta para o facto de que só a nossa própria humanidade será capaz de nos salvar.”

A série, criada por Howard Overman, escritor que já tem um BAFTA no currículo, é produzida por Johnny Capps e Julian Murphy, ambos vencedores de Emmys. É uma produção do Canal+, FOX Networks Group Europe & Africa e AGC Television, e irá chegar aos ecrãs ainda este ano, estando actualmente em fase de pós-produção, tendo sido apresentadas as primeiras imagens da série (é só carregar nos mosaicos para as veres num tamanho maior).

O que te parece esta nova adaptação?

Marta Kong Nunes

Arquitecta (com um c!) de formação. Coordenadora de profissão. Fanática de cinema e séries por pura paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *