Entrevista exclusiva a Ian McKellen sobre A Bela e o Monstro!

Ian McKellen foi o escolhido para dar vida à personagem Relógio no filme A Bela e o Monstro, que está quase a estrear. O célebre ator falou em exclusivo com a Magazine.HD!

A famosa estrela de Hollywood Ian McKellen é daqueles talentos que dispensam apresentações, depois de ter dado vida a marcantes personagens no mundo da sétima arte, entre elas Gandalf, da saga O Senhor dos Anéis, e Magneto, de X-Men. A Magazine.HD mostra-te a entrevista exclusiva feita ao ator sobre a sua personagem Relógio em A Bela e o Monstro, o live-action da Disney que estreia já na próxima semana!

Lê ainda: Os próximos filmes live-action da Disney

Magazine.HD: O que o atraiu neste projeto?

Ian McKellen: O Bill Condon. Quando se recebe um email com um guião e vemos que é do Bill, dizemos logo, “Sim”, mesmo sem o ler antes. Um dos primeiros filmes que vi foi o de Cocteau “La Belle et le Bête”, e recordo-me do entusiasmo que foi, embora tenha sido através de tecnologia primitiva, quando o Monstro tira a máscara e se transforma no bonito Jean Marais como Príncipe. Gosto de um bom conto de fadas e é isso que este é… uma história tradicional que lida com a moralidade e com o bom e o mau.

MHD: Como foi trabalhar com Bill Condon?

Lê Também:
Vingadores: Endgame | Easter Eggs e Referências

IM: Bill é a escolha ideal para uma história como esta. Adora teatro musical e gosta do espetáculo e da energia de uma grande produção que tenha música e dança, que é um filme musical. Mas ao mesmo tempo, reconhece a delicadeza do comportamento humano. Já tinha trabalhado com ele em dois filmes: “Deuses e Monstros” e “Sr. Sherlock Holmes”. É raro ter toda a gente feliz durante as filmagens principais, mas neste filme, onde tínhamos centenas de pessoas nos cenários todos os dias, foi genuinamente muito bom estar lá.

MHD: Como foi trabalhar com este elenco incrível?

IM: Muito bom, com a Audra McDonald e com alguns dos meus atores favoritos, Stanley Tucci, Ewan McGregor e Emma Thompson. Acho que para passarmos um filme de animação para um filme de imagem real, temos de ter a certeza de que os atores são tão mágicos como as figuras do original e este é um elenco espantoso.

A Bela e o Monstro Ian McKellen

MHD: Fale-nos um pouco sobre a sua personagem, Relógio. Como foi interpretar um objeto inanimado?

Lê Também:
FOX cancela The Gifted e The Passage

IM: Relógio é a personagem mais importante no filme. Não verdadeiramente, a não ser que precise de saber as horas que são. Relógio é um relógio, ou foi transformado num. É o mordomo principal do Príncipe, que governa a casa e quando o feitiço é lançado, tal como os restantes empregados, é transformado num objeto encantado, embora seja bastante animado só por si.

MHD: E quanto à música… tem alguma canção favorita?

IM: A canção de maior destaque de “A Bela e o Monstro”, ironicamente ainda não foi escrita. Vai ser qualquer coisa como “O meu nome é Relógio, sou um relógio, tick, tock; O meu nome é Relógio”. É como a letra começa e com sorte Alan Menken irá escrever um grande número musical para Relógio. Até agora não o foi feito, mas quando for, acho que vai ser a minha canção favorita.

Lê também: Entrevista exclusiva a Benedict Wong de Doutor Estranho

TRAILER | A BELA E O MONSTRO

A Bela e o Monstro estreia já na próxima semana em Portugal, a 16 de março!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *