© teatromosca

MUSCARIUM#6 | Evento regressa a Sintra para mais uma edição

O AMAS – Auditório Municipal António Silva vai finalmente receber mais uma edição do MUSCARIUM#6 e as novidades são muitas!

O teatromosca prepara-se para reabrir o AMAS – Auditório Municipal António Silva, sala de espectáculos que, entre outubro deste ano e junho de 2021, irá receber inúmeros espectáculos de teatro (Artistas Unidos, Baal17, Teatro Art’Imagem, Mariana Fonseca, Vinícius Piedade, e Ricardo Vaz Trindade, entre outros), espetáculos de dança (assinados pela companhia belga My Homeless Lover ou pela coreógrafa portuguesa Margarida Belo Costa), ciclos de cinema e muito mais.

Lê Também:
IndieLisboa ’20 | Lúa Vermelha, em análise

Para assinalar estes progrAMAS, a companhia sintrense revela mais uma edição do MUSCARIUM, a acontecer entre os dias 17 e 27 de setembro. Esta sexta edição assume as artes performativas (mas também o cinema) como celebração, “quase como um Carnaval fora de época”, voltando a juntar públicos e artistas no mesmo espaço.

Estúdio Flores teatromosca
ESTÚDIO: FLORES © teatromosca

Para além da programação a que já estamos habituados, o MUSCARIUM#6 apresenta ainda um conjunto de novos projetos do teatromosca, incluindo a estreia de “ESTÚDIO: FLORES”, uma coprodução com o Centro Dramático Rural, de Madrid, em pleno festival, no dia 25 de setembro, às 21h, no AMAS. O espetáculo nasce de uma proposta pensada propositadamente para estes tempos incertos que vivemos: criado a partir de plataformas online, é um espetáculo transmédia, documental e com recurso a técnicas cinematográficas ou teatro de objetos, que pode tanto servir de homenagem ao emblemático e desaparecido Cinema Estúdio Flores – onde, atualmente, se situa o AMAS -, como permite uma viagem pela memória e pelas histórias dos seus criadores, o encenador espanhol Adolfo Simón, a atriz Carolina Figueiredo e o cenógrafo Pedro Silva. Um projeto onde a realidade se fundirá com a ficção, as recordações com o sonho e a documentação com o imaginário.

O Macaco do Rabo Cortado teatromosca
O Macaco do Rabo Cortado © teatromosca

No dia 27 de setembro, às 16h, a companhia apresentará em sala, pela primeira vez, o espetáculo para o público mais jovem “O MACACO DO RABO CORTADO”. Um delicioso divertimento teatral que dá vida a um dos mais conhecidos contos tradicionais portugueses, através da manipulação de figuras recortadas em papel, com jogos de sombras e com filmagens, edição e projeção de vídeo em tempo real, recursos que prometem enfeitiçar tanto os mais pequenos, como os mais velhos, que poderão assistir à estreia deste espetáculo tanto no auditório da Casa da Juventude da Tapada das Mercês, como através da internet – o espetáculo será emitido online na plataforma Ticketline Live Stage.

Para além de celebrar os projetos da companhia organizadora, o MUSCARIUM#6 pretende ainda promover em Sintra um espaço de encontro e partilha
privilegiado entre artistas/companhias e públicos, tendo o especial cuidado de incluir em todas as edições, pelo menos um espetáculo de outra companhia teatral com sede no concelho de Sintra.

Lie lie land teatromosca muscarium#6
Lie Lie Land © teatromosca

O jovem Teatro Efémero apresentará, no espaço do Teatroesfera, em Queluz, no dia 18 de setembro, às 21h, “LIE LIE LAND”, espetáculo que se inspira na obra “O Doido e a Morte”, de Raúl Brandão, para o cruzar com referências políticas que marcam a atualidade; e a MUSGO Produção Cultural estreará o documentário assinado pelo realizado Ricardo Reis sobre o espetáculo que lhe empresta o nome, “ORTOV SAI DO ESCURO”, a partir do texto de Jaime Rocha, no dia 23 de setembro, às 21h, no AMAS.

Surma, Quorum Ballet, Trincheira Teatro, Visões Úteis, Teatro do Silêncio, Companhia Mascarenhas Martins são os artistas/coletivos que completam a
programação de um festival que encontrará ainda palco nos deslumbrantes jardins do Palácio Nacional de Queluz, na Casa de Teatro de Sintra e na Casa da Cultura Lívio de Morais, em Mira Sintra.

CARTAZ | TEATROMOSCA APRESENTA MUSCARIUM#6

teatromosca muscarium 6 cartaz
© teatromosca

Os bilhetes já se encontram à venda na Ticketline, na Seetickets e na bilheteira do AMAS (no Shopping Cacém). Para além do bilhete individual, está disponível um passe que dá acesso a todas as sessões!

Ângela Costa

Mestre em Cinema pela Universidade da Beira-Interior, sou apaixonada pelo cinema japonês e toda a cultura que o envolve. Adoro igualmente fotografia e se tiveres curiosidade passa no meu Instagram ;) Música e videojogos são dois outros grandes interesses.

Ângela Costa has 2308 posts and counting. See all posts by Ângela Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.