© Nuno Conceição / NOS Alive Press

NOS Alive 22 | Primeiros Momentos

A música regressa ao Passeio Marítimo de Algés! Começou o NOS Alive 2022! Por isso, a MHD vai te mostrar todos os momentos durante os quatros dias de festival.

Em 2007, surgia no Passeio Marítimo de Algés, um festival de música ambicioso, organizado pela Câmara Municipal de Oeiras, com o nome “Oeiras Alive! 07”. A primeira edição contou com um cartaz repleto de artistas internacionais, tais como, Linkin Park, Pearl Jam, The White Stripes, entre outros. Passados quinze anos, o festival mantêm-se em alta, com duas mudanças de nome pelo caminho. Assim sendo, o NOS Alive regressa com um cartaz atrativo, após três anos de pausa devido à pandemia.

Lê Também:
Melhores Álbuns da Década 2010-2019

Nesse sentido, as portas já abriram, com milhares de festivaleiros a correr para garantir o lugar da frente no Palco NOS. No primeiro dia do festival, o palco vai ser inaugurado pela Mallu Magalhães, passando por Jungle, The War on Drugs e The Strokes. Cabe a Stromae fechar o palco no primeiro dia, com a sua música electrónica que combina com o hip-hop. Qualquer das maneiras, o músico francês deverá fechar em grande, com a música “Alors on danse”. Entretanto, até o palco principal começar a vibrar, existem outros palcos e pontos interessantes para visitar.

Por isso, existem alguns palcos menos conhecidos que poderão ser uma surpresa agradável para quem decida passar por lá. Assim sendo, logo ao lado da entrada principal está o Palco WTF Clubbing Stage, dedicado aos artistas em ascensão. Num espaço relativamente pequeno, em comparação ao palco principal e secundário, cada concerto terá um ambiente mais pessoal. Aqui podem começar as surpresas, com artistas que poderão não estar habituados a ouvir, como por exemplo, Da Chick, Pedro Mafama, Eu.Clides, entre outros. Logo a seguir, encontra-se o Palco Heineiken Stage, o segundo maior do recinto. Aqui as expectativas são altas, com a passagem de artistas como Clairo, Dino D’Santiago, M.I.A, Parcels e Phoebe Bridgers.

Contudo, existem outros dois espaços que merecem mais atenção, o EDP Fado Café e o Coreto. Como o nome indica, o primeiro espaço recriar um pequeno café, onde o fado é o género musical principal. Num ambiente intimista, será (quase) palpável as emoções dos artistas. Na zona mais afastada do Palco NOS, está localizado o Coreto. Uma vez mais, como o nome indica, o espaço retrata um pequeno coreto, onde é dado palco a artistas que estão a começar as suas carreiras musicais. De todos os espaços, é o sítio mais propício a surpresas.

Lê Também:
Os 25 Melhores Álbuns de 2021

Por fim, o restante recinto encontra-se na mesma disposição às edições anteriores. Ou seja, se vieram na edição de 2019, não existem alterações (ou novidades), excepto algumas marcas novas com bancas na área do palco principal.

TRAILER | RECORDA A EDIÇÃO ANTERIOR DO NOS ALIVE

Já estás no recinto? Vais a que palco primeiro? Qual é o teu dia favorito?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.