Prémios César | Lista Completa de Nomeados

Mustang e Marguerite estão entre os favoritos dos prémios César, os Óscares franceses, que recentemente anunciaram os seus nomeados respetivos ao cinema de 2015.

Tal como os Goya em Espanha, os Danilo di Donati em Itália e, numa escala menor, os Globos de Ouro em Portugal, os César consistem numa espécie de versão gálica dos Óscares, focando-se em honrar o cinema de produção nacional francesa. Como uma das maiores potências no cinema europeu e sendo a nação com mais extensa história no que diz respeito à sétima arte, estas escolhas da Academia Francesa não são de menosprezar. O ano passado o grande vencedor foi Timbuktu, um filme que competiu para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro e uma das mais surpreendentes escolhas foi a de Kirsten Stewart que arrecadou o galardão para Melhor Atriz Secundária pelo seu trabalho em As Nuvens de Sils Maria.

 

marguerite
Marguerite

 

Na presente edição dos César, que tem como objetivo o reconhecimento e celebração do que melhor se fez no cinema francês em 2015, Marguerite e Trois souvenirs de ma jeunesse são os filmes com mais nomeações, tendo ambos arrecadado 11. Ambos os filmes são prestigiosas produções de época que trazem consigo o pedigree do circuito dos festivais internacionais, nomeadamente Veneza e Cannes, pelo que tal favoritismo não será uma enorme surpresa.

Lê Ainda: Kristen Stewart | Primeira americana a vencer um César

Outro dos inegáveis favoritos é Mustang, o filme que se encontra nomeado para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro em representação de França. O drama sobre um grupo de jovens irmãs marroquinas que se vêm aprisionadas pela sua família e pelos costumes patriarcais e desumanamente conservadores da sua sociedade, arrecadou 9 nomeações incluindo para Melhor Filme, Realização e Argumento Original.

 

Dheepan
Dheepan

 

Outros filmes de renome são Dheepan de Jacques Audiard, La loi du marché de Stephane Brizé e Mon Roi de Maïwenn, três obras que triunfaram na passada edição do festival de Cannes, arrecadando a tão desejada Palme d’Or, o Prémio para Melhor Interpretação Masculina e de Melhor Interpretação Feminina respetivamente. As produções encontram-se nomeadas em diversas categorias incluindo Melhor Filme, sendo que o filme protagonizado por Vincent Lindon deverá ser o grande favorito na categoria a Melhor Ator tendo em conta o prestígio e renome do seu protagonista, a sua vitória em Cannes e o facto que, apesar da sua invejável filmografia, Lindon nunca ganhou um César.

Lê Ainda: Dheepan, de Jacques Audiard, vence a Palma de Ouro no Festival de Cannes 2015

Mesmo que não ganhe o prémio de Melhor Atriz pelo seu trabalho em Mon Roi, Emmanuelle Bercot poder-se-á já considerar uma vencedora devido às várias de nomeações que recebeu, estando também indicada aos prémios de Melhor Realização e Melhor Argumento Original por La Tête Haute, um filme também indicado ao prémio de Melhor Filme.

 

Birdman
Birdman

 

Para quem se prefira focar na produção cinematográfica de outras nacionalidades que não a francesa, a categoria de Melhor Filme Estrangeiro inclui vários títulos de prestígio como Birdman, o grande vencedor na passada edição dos Óscares. Os restantes nomeados são A Juventude de Paolo Sorrentino, Je Suis Mort Mais J’Ai Des Amis e Le Tout Nouveau Testament, duas produções de origem belga, Filho de Saul, o filme húngaro que é o grande favorito ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, Minha Mãe de Nani Moretti e Táxi de Jafar Panahi, que arrecadou a honra máxima do festival de Berlim de 2015.

 

A Juventude
A Juventude

 

PRÉMIOS CÉSAR | LISTA COMPLETA DOS NOMEADOS

MELHOR FILME

Dheepan, Jacques Audiard

Fatima, Philippe Faucon

La loi du marché, Stephane Brize

Marguerite, Xavier Giannoli

Mon Roi, Maïwenn

Mustang, Deniz Gamze Erguven

La tête haute, Emmanuelle Bercot

Trois souvenirs de ma jeunesse, Arnaud Desplechin

 

MELHOR REALIZAÇÃO

Jacques Audiard por Dheepan

Stephane Brize por La loi du marché

Xavier Giannoli por Marguerite

Maïwenn por Mon Roi

Deniz Gamze Erguven por Mustang

Emmanuelle Bercot por La tête haute

Arnaud Desplechin por Trois Souvenirs de ma jeunesse

 

MELHOR ATOR

Jean-Pierre Bacri em La Vie Très Privée de Monsier Sim

Vincent Cassel em Mon Roi

Francois Damiens em Cowboys

Gerard Depardieu em Valley of Love

Antonythasan Jesuthasan em Dheepan

Vincent Lindon em La loi du marché

Fabrice Luchini em L’Hermine

 

MELHOR ATRIZ

Loubna Abidar em Muito Amadas

Emmanuelle Bercot em Mon Roi

Cecile de France em La belle saison

Catherine Deneuve em La tête haute

Catherine Frot em Marguerite

Isabelle Huppert em Valley of Love

Soria Zeroual em Fatima

 

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO

Michel Fau em Marguerite

Louis Garrel em Mon Roi

Benoit Magimel em La tête haute

Andre Marcon em Marguerite

Vincent Rottiers em Dheepan

 

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA

Sara Forestier em La tête haute

Agnes Jaoui em Comme un Avion

Sidse Babett Knudsen em L’hermine

Noemie Levovsky em La belle saison

Karin Viard em Vingt et une nuits avec Pattie

 

MELHOR NOVO ATOR

Swann Arlaud em Les Anarchistes

Quentin Dolmaire em Trois souvenirs de ma jeunesse

Felix Moati em À trois on y va

Finnegan Oldfield em Cowboys

Rod Paradot em La tête haute

 

MELHOR NOVA ATRIZ

Camille Cottin em Connasse, Princesse des Coeurs

Sara Giraudeau em Les Betises

Zita Hanrot em Fatima

Diane Rouxel em La tête haute

Lou Roy-Lecolllinet em Trois souvenirs de ma jeunesse

 

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

Birdman, Alejandro Gonzalez Iñarritu

Filho de Saul, Laszlo Nemes

Je Suis Mort Mais J’Ai Des Amis, Guillaume and Stephane Malandrin

Minha Mãe, Nanni Moretti

Táxi, Jafar Panahi

Le tout nouveau testament, Jaco Van Dormael

A Juventude, Paolo Sorrentino

 

MELHOR PRIMEIRO FILME

SK1, Frederic Tellier

Cowboys, Thomas Bidegain

Mustang, Deniz Gamze Erguven

Ni le ciel ni la terre, Clement Cogitore

Nous Trois ou Rien, Kheiron

 

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO

Adama, Simon Rouby

Avril et le monde truqué, Christian Desmares e Franck Ekinci

O Principezinho, Mark Osborne

 

MELHOR DOCUMENTÁRIO

O Botão de Nácar, Patricio Guzman

Cavanna, Jusqu’a l’Ultime Seconde, J’Ecrirai, Denis Robert e Nina Robert

Demain, Cyril Dion e Melanie Laurent

A Imagem que Falta, Rithy Pahn

Une Jeunesse Allemande, Jean-Gabriel Periot

 

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL

Noe Debre, Thomas Bidegain, Jacques Audiard por Dheepan

Xavier Giannoli por Marguerite

Deniz Gamze Erguven e Alice Winocour por Mustang

Emmanuelle Bercot e Marcia Romano por La tête haute

Arnaud Desplechin e Julie Peyr por Trois souvenirs de ma jeunesse

 

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO

David Oelhoffen e Frederic Tellier por SK1

Samuel Benchetrit por Asphalte

Vincent Garenq e Stephane Cable por L’Enquete

Philippe Faucon por Fatima

Helene Zimmer e Benoit Jacquot por Diário de Uma Criada de Quarto

 

MELHOR MONTAGEM

Juliette Welfling por Dheepan

Cyril Nakache por Marguerite

Simon Jacquet por Mon Roi

Mathilde van de Moortel por Mustang

Laurence Briaud por Trois souvenirs de ma jeunesse

 

MELHOR FOFTOGRAFIA

Eponine Momenceau por Dheepan

Glynn Speekaert por Marguerite

David Chizallet por Mustang

Irina Lubtchansky por Trois souvenirs de ma jeunesse

Christophe Offenstein por Valley of Love

 

MELHOR CENOGRAFIA

Michel Barthelemy por Dheepan

Katia Wyszkop por Diário de Uma Criada de Quarto

Martin Kurel por Marguerite

Jean Rabasse por L’Odeur de la Mandarine

Toma Baqueni por Trois souvenirs de ma jeunesse

 

MELHORES FIGURINOS

Anais Romand por Diário de Uma Criada de Quarto

Pierre-Jean Larroque por Marguerite

Selin Sozen por Mustang

Catherine Leterrier por L’Odeur de la Mandarin

Nathalie Paoul por Trois souvenirs de ma jeunesse

 

MELHOR BANDA-SONORA ORIGINAL

Raphael por Cowboys

Ennio Morricone por En mai, fais ce qu’il te plaît

Stephen Warbeck por Mon Roi

Warren Ellis por Mustang

Gregoire Hetzel por Trois souvenirs de ma jeunesse

 

MELHOR SOM

Danie Sobrino, Valerie Deloof e Cyril Holtz por Dheepan

Fancois Musy e Gabriel Hafner por Marguerite

Nicolas Rovost, Agnes Ravez e Emmanuel Croset por Mon Roi

Ibrahim Gok, Damien Guillaume e Olivier Goinard por Mustang

Nicolas Cantin, Sylvain Malbrant e Stephane Theibaut por Trois souvenirs de ma jeunesse

 

MELHOR CURTA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO

La Nuit Americaine d’Angelique, Pierre-Emmanuel Lyet e Joris Clerte

Le Repas Dominical, Celine Devaux

Sous Tes Doigts, Marie-Christine Courtes

 

MELHOR CURTA-METRAGEM

La Contre Allee, Cecile Durcocq

Le Dernier des Cefrans, Pierre-Emmanuel Urcun

Essaie de Mourir Jeune, Morgan Simon

Guy Moquet, Demis Herenger

Mon Heros, Sylvain Desclous

 

Os vencedores dos prémios César serão anunciados dia 26 de fevereiro. Para saberes quando poderás ver alguns destes títulos em salas de cinema nacionais consulta o nosso Guia de Estreias de Cinema | Geral.

 

Cláudio Alves

Licenciado em Teatro, ramo Design de Cena, pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Ocasional figurinista, apaixonado por escrita e desenho. Um cinéfilo devoto que participou no Young Critics Workshop do Festival de Cinema de Gante em 2016. Já teve textos publicados também no blogue da FILMIN e na publicação belga Photogénie.

Cláudio Alves has 1522 posts and counting. See all posts by Cláudio Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *