Napoleão | © Big Picture Films

Napoleão vai chegar ao Streaming numa versão muito especial, garante Ridley Scott

“Napoleão” estreia hoje nas salas de cinema mas Ridley Scott já pensa na versão de streaming e também na mortalidade.

Conhecido por realizar alguns dos filmes mais importantes da história do cinema – “Casa Gucci”, “O Último Duelo”, “Perdido em Marte”, “Gangster Americano”, “Black Hawk Down”, “Gladiador”, “Alien – O 8º Passageiro”, entre outros, Ridley Scott está novamente debaixo do holofote com um dos filmes mais aguardados do ano – “Napoleão”.

Lê Também:   Napoleão, a Crítica | Joaquin Phoenix e Vanessa Kirby no centro do novo épico de Ridley Scott

Este filme histórico protagonizado por Joaquin Phoenix, Vanessa Kirby, Edouard Philipponnat, Youssef Kerkour, entre outros, conta a história de uma das pessoas mais importantes da história da humanidade, o infame imperador Napoleão Bonaparte.

Da sua ascensão ao poder até à sua morte, o filme tem um foco especial na relação do imperador com a magnifica Josefina (Vanessa Kirby). Numa entrevista concedida à The Times U.K., o realizador de 85 anos falou sobre o tempo de ecrã do seu novo filme e o medo de morrer.

O NOVO FILME DO MOMENTO

Napoleão
©Big Picture Films




Recentemente, numa entrevista à GQ, o realizador de “Assassinos da Lua das Flores”, Martin Scorsese, disse que, com a sua atual idade, 83, não ia parar de realizar e quer contar mais histórias para assim ser sempre recordado na sétima arte.

Lê Também:   "About feckin’ time!" dirá Ridley Scott quando ganhar o Óscar com Napoleão

Já Ridley Scott não se podia “importar menos” com a morte – “Bem, desde que ele começou “Killers of the Flower Moon” fiz quatro filmes.” Da mesma forma, sobre a mortalidade da condição humana, o realizador não está preocupado, “Não, não penso nisso. Levanto-me de manhã e digo: Ah, ótimo! Mais um dia de stress”. No entanto, o ponto alto da entrevista, foi sobre a duração de “Napoleão”. O filme foi produzido pela Apple Studio Films e, eventualmente, chegará à Apple TV+.

Lê Também:   Ridley Scott desvaloriza a crítica francesa a Napoleão

A chegada às salas de cinema deve-se à parceria com a Sony. O filme tem quase três horas mas, no streaming, deverá ter mais uma hora extra de conteúdo que ficou de fora. Ridley Scott diz que “a duração é perfeita para o streaming. Podem premir a pausa, ir beber algo e continuar”. Resta esperar pela versão alargada de “Napoleão” na Apple TV+.

TRAILER | NAPOLEÃO CHEGA HOJE AOS CINEMAS

Conheces a história de vida do imperador?


Também do teu Interesse:


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *