© Tauchen | Central Video - RIR

Rock in Rio Lisboa 2022 | Pôr-do-sol ao som de Jason Derulo

No último dia de Rock in Rio, Jason Derulo, o ‘Homem TikTok’ subiu ao Palco Mundo e deixou todo o público a dançar ao ritmo de canções bem conhecidas, enquanto o pôr-do-sol iluminava os sorrisos da plateia energética.

Nascido em Miami, Jason Derulo arrastou o seu corpo de verão até ao Parque da Bela Vista, subindo ao Palco Mundo logo após o aquecimento devidamente preparado pela banda portuguesa, HMB. Os relógios marcavam 19:00 quando o cantor norte-americano fez ouvir “Watcha Say”, o seu primeiro single, gravado em 2009. Logo no primeiro momento ficou ditado que, contrariamente ao que era expectado, este não seria um concerto para as gerações Z e Alfa, mas sim para todas as pessoas que passeavam pelo Parque da Bela Vista.

Rodeado por um grupo de bailarinos, Jason Derulo aguentou uma hora inteirinha a dançar em coreografias coletivas que deixaram o público eletrizado. A boa energia de Derulo não foi indiferente para ninguém, e todos ficaram contagiados pelo ritmo bem mexido das suas canções. Destaque para os bailarinos que o acompanharam, exibindo uma performance sublime, sem nunca roubarem o foco do artista principal. A vibe era de tal forma contagiante que, rapidamente, o público dos palcos secundários se aglomerou à frente do Palco Mundo.

Lê Também:
Rock in Rio Lisboa 2022 | A boa energia dos HMB

Com um alinhamento do concerto preenchido com grandes hits de sucesso, Jason Derulo conquistou a multidão assim que cantou “Wiglgle”, o tema considerado a Canção do Verão de 2013. Miúdos e graúdos deixaram-se levar pelo ritmo alucinante do concerto de Jason, embalados por músicas que todos conhecem. E mesmo quando alguém não conhecia uma das canções, o que era quase impossível, não conseguia não se deixar contagiar pelo movimentar das ancas.

Apesar do seu sucesso anterior, Jason Derulo tornou-se conhecido entre as gerações mais novas com o aparecimento do TikTok, a aplicação que permite a criação de vídeos de curta duração. Espantosamente, grande parte das músicas produzidas pelo cantor norte-americano acabam por se tornar bastante populares nessas pequenas gravações, onde coreografias são espalhadas e reproduzidas em todo o mundo. Assim, mal Derulo lançou as primeiras notas de “Savage Love”, o Parque da Bela Vista transformou-se num flash mob de grande dimensão que seguiu à risca os passos por todos conhecidos.

Jason Derulo
© Tauchen | Central Video – RIR

Numa dança entre os temas mais recentes e os mais antigos, o ‘Rei do TikTok’ apresentou muitas outras canções de renome, como “1,2,3” (2022) e “Trumpets” (2013). Seguiu-se ainda uma performance bastante sensual, ao som de “Swalla”, o single que conta com a participação de Nicki Minaj.

A poucos minutos de terminar o concerto, Jason Derulo mostrou, a sangue frio, os seus dotes musicais, fazendo pleno uso de uns vibratos enternecedores, ao interpretar “Time To Say Goodbye”, de Andrea Bocelli. Note-se que o cantor teve aulas de ópera aquando dos seus anos escolares. Um momento inesperado que aqueceu o coração de todos aqueles que sentiam o vento a espreitar no Parque da Bela Vista.

Lê Também:
Rock in Rio Lisboa 2022 | Primeiros momentos do último dia

Entre músicas, Jason Derulo revelou-se um cantor bem afetuoso, não deixando nunca de comunicar com o público presente, fazendo questão de agradecer e elogiar a boa energia contagiante dos seus fãs. Perto do fim, o cantor avançou com mais uma música de sucesso, a qual dirigiu ao público do Rock in Rio, realizando o famoso pedido, “Talk Dirty To Me”. Mantendo sempre a boa disposição, a plateia respondeu cantando a plenos pulmões a canção lançada em 2013, que alcançou o top 3 da Billboard.

Para terminar com chave de ouro, o artista escolheu “Want to Want Me”, o sucesso de 2014 que é considerada a música tocada em mais rádios internacionais, voltando a pôr a ‘Cidade do Rock’ a mexer. Em pouco mais de uma hora, Jason Derulo cantou o total de 17 canções, dando preferência àquelas que o tornaram mais popular, atravessando as mais recentes gerações. Do início ao fim, o cantor conseguiu agarrar o espetáculo, dominando por completo o palco. Houve, inclusive, tempo para ficar em tronco nú e mostrar que a forma física acompanha o estado da sua voz.

Estiveste presente no concerto de Jason Derulo? Qual a tua música preferida do cantor?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.