© Central Video - RIR

Rock in Rio Lisboa 2022 | A boa energia dos HMB

Chegou o último dia do Rock in Rio Lisboa 2022! Com um cartaz repleto de nomes sonantes, coube aos HMB às honras de abrir o Palco Mundo. 

Já sabíamos que este dia iria chegar, e com ele, o final da nona edição do Rock in Rio Lisboa! Ainda assim, foi um dia marcado por concertos de artistas mundialmente conhecidos, como por exemplo, Jason Derulo, Anitta e Post Malone. Mas antes das suas respetivas atuações no Palco Mundo da Cidade do Rock, as honras de abertura foram concedidas à banda portuguesa de soul e funk, HMB. Apesar de não serem desconhecidos do público português, com atuações por todo o país, o grupo liderado por Héber Marques, deu um concerto animado e cheio de boas energias, para um recinto cheio.

Lê Também:
Rock in Rio Lisboa 2022 | Primeiros momentos do último dia

Era (bem) visível qual seria a banda que estava em cima do palco, com três grandes letras insufláveis do nome do grupo. No meio das mesmas, surgiam o baterista e o teclista. Apesar das posições incomuns, o centro das atenções foi, desde do início do concerto, o vocalista Héber Marques, que animou um público decidido em aproveitar todos os momentos do último dia.

Rock in Rio Lisboa
Foto de David Passos | © MHD

O público não arredava o pé, por influência do incansável, e sempre interativo, vocalista. Durante o concerto existiram vários momentos de interação, com maior resposta por parte das pessoas que se encontravam nas linhas da frente. Antes das músicas mais conhecidas da banda, o vocalista desafio o lado esquerdo e o lado direito do público numa “batalha” para ver quem fazia mais barulho, durante a música “Culpa de Quem Pariu”. Não se soube quem foi o vencedor, mas a energia acabou por chegar as outras pessoas que se encontravam pelo Parque da Bela Vista. Visto que, a meio do primeiro concerto do palco principal, o recinto já estava coberto por uma enorme mancha humana, reflexo das 80 mil pessoas que esgotaram o último dia do Rock in Rio Lisboa 2022.

Obviamente, chegou a vez de cantarem “O Amor é Assim” e o “Dia D”. Assim sendo, o público juntou-se à banda, e cantaram as músicas de início ao fim. Ao mesmo tempo, o palco também vibrava com os movimentos de dança de todos os integrantes de HMB, que contagiava o público. Até os mais tímidos não resistiram a dar um pezinho de dança!

Lê Também:
Rock in Rio | Entrevista com os curadores dos palcos

O concerto dos HMB foi o “aquecimento” perfeito para os espetáculos que vinham a seguir. Quem não conhecia a banda, descobriu novas músicas para as noites de verão, onde as boas energias estão no ar. Mas mesmo antes do concerto terminar, um dos integrantes teve um discurso motivacional, para todos aqueles que têm um sonho – “Se vocês tocam algum instrumento como estes, não desistam de tocar. Se nós estamos aqui, vocês também conseguem estar aqui. Mostrar que há talento e espaço na música portuguesa.”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.