As 10 séries canceladas cedo demais

Há séries que duram mais temporadas do que deviam, mas há outras que nos deixaram muito antes do seu prazo de validade. Recuperamos dez casos de séries canceladas demasiado cedo e que tinham muito mais para dar.

Identificar e respeitar o tempo certo para contar uma história é mais difícil do que parece. Quantos não são os casos de séries (muitas ainda em vigor) em que o chamado "fazer render o peixe" teve como consequência a depreciação da série? O equilíbrio perfeito entre não esticar demasiado a narrativa e deixar os arcos das personagens coerente e bem rematado é um desafio, por várias ocasiões hipotecado pela ganância ou cegueira coletiva de colocar os cifrões à frente da qualidade.

Mas então que séries é que nos deixaram muito antes do que seria ideal?

AS 10 SÉRIES CANCELADAS CEDO DEMAIS

5 de 10

6. Firefly

Firefly

Nº Temporadas: 1

Em 2017, chocados com o fim de “Sense8”, os fãs da série da Netflix conseguiram um pequeno extra, duas horas para se despedirem das suas personagens preferidas. Entre 2002 e 2003, “Firefly” – criação de Joss Whedon – construiu as bases do que se viria a tornar com o tempo uma série de culto. Tal como “Sense8” a contestação dos espectadores fez nascer um prolongamento: o filme “Serenity”.

A tripulação do Serenity marcou muita gente, e Nathan Fillion – nos dias de hoje mais conhecido por Castle – destacou-se na pele do carismático Mal Reynolds. Gina Torres, Morena Baccarin, Alan Tudyk e Adam Baldwin também faziam parte do elenco.

Lê Também:
Gossip Girl: 10 anos depois onde estão os atores?

5 de 10

Miguel Pontares

Licenciado em Comunicação Empresarial, estudou ainda Escrita de Argumento para Cinema e Televisão. É um dos autores do blog Barba Por Fazer.

One thought on “As 10 séries canceladas cedo demais

  • ótima postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *