Star Wars | O vestuário das lendas, Leia, Han e Luke

 

<<O estilo de Poe Dameron e Maz Kanata

Um dos melhores aspetos de Star Wars: O Despertar da Força é a oportunidade de voltar a ver Han, Leia e Luke nos cinemas. Igualmente espetacular é observar como estas figuras evoluíram ao longo dos anos e como isso se reflete na sua imagem.

Outrora o mais charmoso bandido da galáxia, Han Solo ocupa em O Despertar da Força uma posição na narrativa semelhante é de Obi-Wan Kenobi no primeiro filme da saga. Ele é o mentor da nova geração de heróis e, apesar de manter uma certa acidez na sua língua, a figura que Han Solo representa é a de um herói envelhecido ainda cheio de energia e com o seu espírito de aventura bem vivo.

Star Wars O Despertar da Força

Em 1977, o figurino de Han Solo foi criado como uma espécie de homenagem ao arquétipo do cowboy tão popular na Hollywood de outros tempos. A sua indumentária, no entanto, era fortemente influenciada pela moda dos anos 70, pelo que, para este novo filme, era necessário haver uma considerável modernização.

Lê Também:
Lucasfilm revela novo jogo de Star Wars pela Ubisoft Massive

Star Wars O despertar da Força

Tendo em conta esta necessidade de modernização, a vitalidade inegável de Harrison Ford e o estatuto de mentor que Solo adquire, Michael Klapan criou um figurino simples mas que mantém, de certo modo, o estilo descontraído que tanto caracteriza a personagem. Ao mesmo tempo, estas roupas estabelecem subtis ligações entre o mentor e seus heroicos aprendizes. O casaco liga-o a Finn e a camisa, estilo túnica, liga-o a Rey, especialmente em termos de cor e material. Isto faz bastante sentido quando nos recordamos Star Wars de 1977 em que Obi-Wan e Luke usavam roupas fortemente semelhantes como modo de visualmente salientar a sua relação.

Star Wars O despertar da Força

Não é apenas Solo que regressa para este sétimo episódio. Leia Organa, agora tratada por general e não por princesa, aparece-nos num traje bastante utilitário e que nada tem que ver com o seu imaculado vestido branco no primeiro filme. Mesmo assim, há uma certa estética dos anos setenta e oitenta na sua indumentária, lembrando as origens cinematográficas desta célebre figura. Afinal, nem sempre é preciso modernizar o que já era anteriormente formidável.

Lê Também:
Lucasfilm revela novo jogo de Star Wars pela Ubisoft Massive

Lê Também: Star Wars | 03. O disfarce de escrava de Leia Organa

Star Wars O Despertar da Força

Aquando do final de O Despertar da Força, no entanto, o simples utilitarismo das roupas de Leia é substituído por algo mais formal e vistoso, mas que mesmo assim mantém uma linha estética bastante próxima da trilogia original de Star Wars.

Vê Ainda: Star Wars | 04. Luke Skywalker vestido de negro

No que diz respeito a Luke, infelizmente, pouco se poderá dizer sem revelar enormes partes do enredo. De modos gerais o seu visual é o que seria de esperar, um mestre Jedi envelhecido, brevemente vislumbrado na sua glória anciã.

Star Wars O Despertar da Força

Se gostaste desta análise dos figurinos de Star Wars: O Despertar da Força, lê o nosso top 10 dos melhores figurinos da saga Star Wars (sem contar com este episódio), e consulta ainda a nossa rúbrica sobre a moda, figurinos e seu papel no cinema, Figura de Estilo.

 

<<O estilo de Poe Dameron e Maz Kanata

 

Cláudio Alves

Licenciado em Teatro, ramo Design de Cena, pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Ocasional figurinista, apaixonado por escrita e desenho. Um cinéfilo devoto que participou no Young Critics Workshop do Festival de Cinema de Gante em 2016. Já teve textos publicados também no blogue da FILMIN e na publicação belga Photogénie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *