Star Wars | O tenebroso visual de Kylo Ren

 

<<O glorioso vestuário de O Despertar da Força | O vestuário da Primeira Ordem>>

De todas as personagens de O Despertar da Força, Kylo Ren é aquela cujo figurino tem mais probabilidade de se tornar em mais um inesquecível ícone da saga Star Wars.

Tal como Darth Vader antes dele, Kylo Ren é o grande vilão desta nova era da saga Star Wars. A própria narrativa de Star Wars: O Despertar da Força aponta para a construção desta nova personagem num guerreiro à imagem de Vader, mas, apesar de tentar emular esse formidável vilão do passado, a personagem de Adam Driver é imensamente distinta desse ícone ancestral. Este equilíbrio entre homenagem e novidade é conseguido tanto pelo texto, como pelo admirável trabalho do seu ator, assim como pelo fantástico figurino que Michael Kaplan concebeu para esta figura maligna.

O figurinista estava bem ciente que este deveria ser uma indumentária de instantâneo e memorável impacto pelo que o fato de Kylo Ren foi um dos figurinos mais difíceis de conceber para este novo filme da saga Star Wars. Tomando inspiração na máscara de Darth Vader, Kaplan tentou manter na sua mente o modo como Ren deveria ter uma imagem que uma criança, por exemplo, pudesse gostar, ao mesmo tempo que percebesse a sua vilania.

Lê Também:
Star Wars revela novos jogos pela Respawn Entertainment

Lê Também: Star Wars | 01. O figurino de Darth Vader

Star Wars O despertar da Força

Um dos artistas conceptuais sob o comando de Kaplan desenhou o que haveria de ser a base para a construção desta figura. A máscara, baseada nesses desenhos conceptuais iniciais, foi seguidamente construída de tal modo que, apesar de aparecer desgastada pelos anos de guerra, contém em si elementos metálicos que refletem a luz, como que vitalizando a fronte inexpressiva que tal adereço confere ao ator.

Vê Também: Star Wars: O Despertar da Força | Revelados novos posters

Mas este figurino não se reduz apenas à máscara que encobre a cara de Adam Driver durante a maioria do filme. A silhueta geral da vestimenta é, talvez, o elemento que mais difere do fato de Vader. Na posição de principal vilão de O Despertar da Força, Driver é uma figura de delgada ameaça, mais elegante que o seu antepassado, e também mais humano.

Star Wars O despertar da Força

Kaplan, já desde o início da sua carreira como assistente de Bob Mackie, demonstrou um gosto imenso pela mistura de texturas e materiais na criação de vestuário e este figurino é um perfeito exemplo disso mesmo. O seu manto tem um peso formidável, apesar de não ser muito volumoso; as suas mangas e calças apresentam riscas horizontais construídas com o tecido num estilo que lembra a base do fato de Vader: a sua túnica principal apresenta uma suave textura que nunca permite que ele se torne numa simples massa de escuridão e, finalmente, as suas luvas de cabedal pretas são um espetacular toque final, e uma deliciosa referência, tanto a Luke como a Darth Vader.

Lê Também:
Top MHD | Os melhores guarda-roupas de 2021

Star Wars: O Despertar da Força

De modo geral, os materiais das vestes de Kylo Ren são bastante mais luxuosos que os de semelhantes vilões em anteriores filmes da saga, e este tipo de riqueza que, porém, nunca se torna opulente ou vistosa, marca os figurinos da Primeira Ordem, a nova organização antagónica de Star Wars e que detém a suposta lealdade deste vilão.

Para além de tudo isto, Kylo Ren tem um dos mais espetaculares sabres de luz que alguma vez apareceram em Star Wars! E usa-o num dos melhores duelos de toda a saga!

Star Wars O Despertar da Força

Para conheceres mais sobre os figurinos dos restantes membros da Primeira Ordem, por favor segue para a próxima página.

 

<<O glorioso vestuário de O Despertar da Força | O vestuário da Primeira Ordem>>

 

Cláudio Alves

Licenciado em Teatro, ramo Design de Cena, pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Ocasional figurinista, apaixonado por escrita e desenho. Um cinéfilo devoto que participou no Young Critics Workshop do Festival de Cinema de Gante em 2016. Já teve textos publicados também no blogue da FILMIN e na publicação belga Photogénie.

Cláudio Alves has 1523 posts and counting. See all posts by Cláudio Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *