The Gilded Age

The Gilded Age | Série do criador de Downton Abbey passa para a HBO

A série “The Gilded Age”, do mesmo criador de “Downton Abbey“, acaba de ser transferida da NBC para a HBO, estabelecendo-se um novo acordo.

O programa televisivo “The Gilded Age” foi inicialmente desenvolvido pelo ex-presidente de entretenimento da NBC Entertainment, Bob Greenblatt, quando este ainda estava no seu mandato. O programa, primeiramente abordado em 2012, devia estrear este ano com 10 episódios, pela NBC. No entanto, as recentes mudanças na gerência do canal levaram a que a série fosse transferida para a HBO, que se comprometeu a manter o número de episódios propostos pela NBC, co-produzindo o programa com a Universal Television.

Os novos presidentes da NBC Entertainment, Paul Telegdy e George Cheeks, expuseram a situação:

Como em qualquer um dos nossos projetos de estúdio, o objetivo é encontrar a casa que melhor se encaixa na série. Adoramos a ambição e o alcance de ‘The Gilded Age’ e, após um processo de licitação altamente competitivo, chegamos à conclusão de que a HBO é a rede ideal para o desenvolvimento desta história épica. Mal podemos esperar para fazer parceria com a rede, de forma a trazer o drama majestoso de Julian para o público.

A série marca o primeiro projeto de Julian Fellowes desde o seu eloquente programa “Downton Abbey“. Fellowes é o criador, guionista e produtor executivo da nova série, juntamente com Gareth Neame e Michael Engler como produtores.

Lê Também:
Downton Abbey está a caminho do grande ecrã

De seguida, o presidente da programação da HBO, Casey Bloys, acrescentou:

Dado o alcance opulento e a escala deste drama de personagens ricamente texturizadas, a HBO é o lar perfeito para ‘The Gilded Age’. Somos todos grandes fãs de Julian e sei que falo por Bob Greenblatt — que esteve envolvido no desenvolvimento desta série enquanto esteve na Universal Television — quando digo que estamos entusiasmados por trazer o seu inegável talento aos nossos seguidores.

Aqui, está a sinopse oficial da série: “The Gilded Age” passa-se na conturbada Nova Iorque, da década de 1880. Este foi um período de grande mudança, muitas fortunas se ganharam e perderam, e opulentas mansões ocuparam toda a extensão da Fifth Avenue. Marian Brook é a protagonista desta história e a jovem filha de uma conservadora família que embarca numa jornada para tentar infiltrar a família mais rica da vizinhança, liderada pelo implacável mafioso George Russel, o seu filho Larry e, a sua ambiciosa mulher Bertha, e cujo “dinheiro novo” é uma barreira para serem aceites entre as famílias mais poderosas, Astor e Vanderbilt.

Por fim, foi a vez de Fellowes partilhar o seu parecer:

Sinto-me muito privilegiada por estar a produzir ‘The Gilded Age’ com a HBO e a Universal Television. Tem sido um sonho meu há já algum tempo, pois sou fascinado por este período brutal e intensamente glamoroso da história da América. Será sobre ambição — é claro — inveja e ódio e, talvez acima de tudo, sobre amor. Espero que as pessoas gostem da série. Eu sei que vou gostar de a fazer.

O que pensas da mudança de panorama de “The Gilded Age”? Estará a série num bom caminho?

Luis Telles do Amaral

Escritor de O Diário da Pandemia, administrador do blogue Para Lá da Kapa e a licenciar-se em Microbiologia. Considero-me um devorador de livros nato e fã assíduo do grande ecrã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *